Os erros e acertos do Emmy 2020: esnobados e surpresas

Emmy 2020

O Emmy está de volta em ótima forma, com boas surpresas e merecidas esnobadas. O resultado é positivo!

Todo ano é a mesma coisa: saem os indicados ao Emmy e chovem textos apontando esnobados, surpresas e afins. O fato é que, muitas vezes, o Emmy acaba sendo uma premiação muito mais bacana que o Oscar. Este ano, por exemplo, a Academia de Televisão acabou surpreendendo positivamente. Ao tentar inovar, foi justa. A grande lição que fica: o Emmy 2020 abriu os olhos para produções que merecem reconhecimento (The Mandalorian) e ignorou velhas armadilhas (This is Us, Big Little Lies).

A impressão é que o Emmy virou a página. Embora repita diversas indicações e manias, é inegável a tentativa de variar. This is Us, Modern Family, Black Mirror… embora ainda tenham qualidades e público cativo, são programas que não guardam força para garantir indicações nas categorias principais. Assim, surpreende que a Academia tenha se dedicado a homenagear os azarões: Succession Ozark são programas cujos canais não apostavam alto. What We do in the Shadows é uma comédia pequena, de pouco sucesso, que conquistou três nomeações a roteiro, além da categoria principal.

Pequenas grandes promessas pelo caminho

A HBO colocou várias fichas em Euphoria e, principalmente, Big Little Lies. O resultado: ambas performaram muito abaixo do esperado. Euphoria ainda garantiu algumas indicações técnicas e uma lembrança a Zendaya. Já BLL ficou pelo caminho, sendo lembrada basicamente por duas de suas coadjuvantes. A ausência de BLL revela uma resistência da Academia para novas armadilhas. Trata-se de um drama superestimado, que deveria ter sido finalizado como minissérie, mas resolveu continuar, muito graças a prêmios e prestígio crítico.

A ausência de Lies, portanto, revela-se justíssima, além de um banho de água congelante no canal. Outra esnobada notável é a de The Morning Show, da Apple TV. Embora tenha sido lembrada em Ator, Atriz e Direção, a produção milionária da nova plataforma fez bem menos do que o prometido. Deve doer no orgulho – e no bolso – dos executivos ver suas mega produções serem esnobadas por dramas menores, como Succession ou aventuras escapistas como Stranger Things.

Continua após a publicidade

Os esnobados do Emmy 2020

Dentre os dramas, as ausências mais surpreendentes são as de BLL, The Morning Show Pose. Presenças garantidas pelos especialistas, estas séries ficaram pelo caminho em diversas categorias. O curioso é que todas têm a cara dos prêmios, quase como se fossem “caça-Emmy”.

No campo das atuações, são gritantes as ausências de Viola Davis e, principalmente, Elisabeth Moss. The Handmaid’s Tale, aliás, tem uma participação irrisória na premiação deste ano. Em 2019, a série surpreendeu ao ser indicada a várias categorias, mesmo concorrendo por poucos capítulos. Desta vez, quando concorria por uma temporada completa, foi quase totalmente ignorada. O elenco de Westworld é outro que foi esquecido, revelando que este não foi um ano muito bom para programas bem estabelecidos.

Destacam-se, também, as esnobadas em Bob Odenkirk, Jonathan Banks e Rhea Seehorn, ambos por Better Call Saul, Mandy Patinkin, por Homeland e o elenco de This is Us. 

Esnobados nas categorias técnicas chamam mais atenção que nas principais…

Nas categorias técnicas, vale apontar omissões imperdoáveis como a de Sam Levinson, que merecia uma indicação a Melhor Direção por Euphoria. Vince Gilligan é outro que devia entrar na categoria pelo comando do brilhante Bagman, de Better Call Saul. Os diretores de Stranger Things Handmaid’s Tale também saíram esquecidos. Things, diga-se de passagem, parece ter sido lembrada apenas na categoria principal, sendo esquecida em todas as demais.

Dentre as comédias, chama atenção as ausências de Glow The Great, que se saiu bem nas técnicas. Nas atuações, vale apontar as esnobadas em Pamela Adlon, Kristen Bell e Elle Fanning. Entre os atores, é sentida a falta de Ricky Gervais e de After Life como um todo.

No campo das minisséries, é lastimável a falta de Hollywood, Normal People The Plot Against America. Fazem falta: Chris Evans, por Defending Jacob, Patti LuPone, por Hollywood e Reese Witherspoon em basicamente tudo em que concorria.

Dentre os absurdos: Steve Carrel entre os atores principais de Drama (ele aparece muito pouco em Morning Show) e Kerry Washington indicada por Little Fires Everywhere. Sua atuação é simplesmente terrível.

Quem está por cima no Emmy 2020? 

Depois de uma enxurrada de indicações é normal que algumas séries saiam por cima e outras por baixo. Succession, por exemplo, confirma o favoritismo, enquanto Ozark comprova ser queridinha dos votantes. Quem sai realmente bem é The Mandalorian. A série da Disney+ não vai vencer, mas sua presença é um voto de confiança na plataforma, no gênero e na dedicação da equipe de uma das séries mais bacanas do ano.

Watchmen é outra que termina o dia em destaque absoluto. Líder em indicações, a produção da HBO é franca favorita dentre as minisséries. Praticamente todo o elenco e toda a equipe técnica foram lembrados. Nas comédias, What We do in the Shadows brilha com todo o merecimento. E os votantes parecem ter descoberto e amado o programa, pois deu três indicações a Roteiro de Comédia.

Quem ficou por baixo? 

Quem levou um golpe severo, entretanto, foram Better Call Saul, The Handmaid’s Tale Big Little Lies. Bem estabelecidas entre público e crítica, estas séries foram esquecidas em categorias em que eram favoritas. Suas ausências revelam a já citada resistência da Academia para algumas produções manjadas.

Outras produções saem perdendo, mesmo que tenham algumas valiosas indicações. Stranger Things foi indicada na categoria principal, mas não conseguiu nenhuma nomeação para seus atores, roteiros ou diretores. Morning Show foi lembrada em algumas importantes, mas tropeçou na principal. Westworld foi de promessa a flop total, comprovando o nítido cansaço do terceiro ano. Killing Eve é outra que se saiu bem pior do que o esperado. Aqui, mesmo quem ganhou, perdeu.

E você, o que achou dos indicados? Deixe nos comentários e igualmente, continue acompanhando as notícias de outras séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, sigam nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixem também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fiquem por dentro de todas as matérias do nosso site.

 

Matheus Pereira

Matheus Pereira

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.

No comments

Add yours