Os Nerds atuais e as gostosas

“Você vai numa convenção de gordos espinhentos usando camisetas de Star Wars? A última mulher nua que esses Geeks viram foi a mãe…. no parto!”

Continua após as recomendações

Essa foi uma das diversas perguntas que ouvi sobre minha ida a Comic Con Experience, que aconteceu do dia 4 até 7 de dezembro em São Paulo, organizada pela galera do Omelete.

Nessa aventura Nerd, tive a companhia de alguns dos meus amigos aqui do Mix de Séries, que escreveram algumas de suas experiências como o Narciso (AQUI) e a Paula (AQUI), além do Edu (AQUI) e todos nós podemos concordar com uma coisa: a Comic Con Experience foi muita coisa, menos uma celebração à figura do quarentão virgem que ainda mora com os pais.

Continua após a publicidade

 

Comic con exp PhoenixCiclope e Wolverine sempre se estranharam por causa dela… e agora tem um novo concorrente…

 

Tivemos stands sensacionais, como o da Netflix que tratou o evento com a importância que ele merecia e trouxe o elenco de sua nova super produção original, Marco Polo. Tivemos a presença de Hobbits (Sean Austin), Anões (Richard Armitage), líderes Bárbaros que serão super-herói no cinema (Jason Mamooa), bruxas (Rebecca Mader) e gostosas, muitas gostosas.

 

Canario Negro Comic con expCortei a parte da baixo da foto porque isso aqui é um site família, mas ó… Oliver Queen tá bem demais com essa Canário Negro, viu…

 

Os cosplays deram um show a parte mas a… digamos.. saúde de algumas Cosplayers, determinaram que, sim, nerdísse também é coisa de mulher bonita.

A figura do sujeito introvertido com a camisa do Metallica deu lugar a todo tipo de pessoas interessadas em cultura pop. São séries, filmes, companhias e editoras que a tempos notaram a importância dessa parcela mais cerebral do público que, apesar de ser mais cabeça, não são apenas isso, antenado em uma industria que cresce vertíginosamente no mundo e que só tende a crescer aqui no Brasil também.

E por atrair todo tipo de gente não é novidade que pessoas diferentes da noção típica do nerd se encontrem nessa feira. Era possível ver gente dos mais variados backgrounds e, vale ressaltar, muita mulher bonita… e nerd.

 

Comic con exp - super girl“É um pássaro? É um avião? SIM! É UM AVIÃO!”

 

Gente de todas as idades, classes sociais e histórias mostraram que entretenimento e cultura pop merecem o valor que tem lá fora e que, com esse primeiro passo em convenções de grande porte e com a organização e estruturas observadas nessa Comic Con, só tende a crescer comum público diversificado, que foge e muito do CDF excluído apesar de também incluí-lo, mas coloca no mesmo grupo deles…. as gostosas!

 

Comic con expO Batman ficou com ciúmes. Sorry, pal…, a gata é minha!

 

No final da feira – uma grande celebração a diversidade entre interessados no assunto – pude entender que o perfil do novo Nerd foi compreendido pelos organizadores da festa. Animê, Comic, filmes e séries andaram de mão dadas por gente de todo tipo. E nada melhor do que andar de mão dadas com uma Mulher Gato ou uma Saori bem gata!

4 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    Paula Reis 12 dezembro, 2014 at 16:03 Responder

    Eu ri muito com este texto, Tony! Adorei! Sou suspeita para falar, pois adoro um nerd, mas destes que tem uma vida além disso, estes modernos, como vc disse. O nerd de hoje é o cara rico, o bom marido de amanhã!

    E quanto as cosplays gostosas, depois vc pergunta p elas quanto elas ganharam p vestir assim hahahaha pq duvido que todas gostam destas coisas do mundo geek hahaha

  2. Anderson Narciso
    Anderson Narciso 12 dezembro, 2014 at 09:13 Responder

    huhauHAauUah. Quando o nível da pessoa atinge fazer um texto com as cosplays gostosas da CCXP! haahaha..

    Ficou divertido.

    Mas naquela feira tinha de tudo mesmo. E a imagem do “virginzão que mora com os pais” foi superado – apesar de ter visto alguns por lá! hahaha

    boa Tony! o/

  3. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 12 dezembro, 2014 at 07:33 Responder

    Ótimo texto mestre, e realmente um dos pontos positivos dessa Comic Con foi realmente a diversidade que rolou lá, pois dá para ver que o geek está sendo cada vez mais aceito na cultura pop da nossa sociedade. “Geek is the new black”

Post a new comment