Os Segredos de Manscheid tem história real? A verdade por trás

A verdade sobre a história da série Os Segredos de Manscheid

Os Segredos de Manscheid

Os Segredos de Manscheid é um thriller policial na Netflix envolvente que se desenrola no norte de Luxemburgo. Luc Capitani é um policial contratado para investigar a morte suspeita de uma adolescente chamada Jenny Engel. O corpo de Jenny é encontrado em uma floresta ao redor de Manscheid, uma pitoresca vila. Capitani pertence ao sul do país e é visto pelos moradores como um forasteiro.

Continua após publicidade

Devido a essa perspectiva, Capitani recebe um ombro frio dos moradores, o que dificulta sua investigação. Todo mundo parece manipular as informações e retém alguns segredos obscuros que empurram Capitani para uma situação complicada. Um policial local o ajuda e, enquanto ele tenta desvendar a teia de mentiras, seu próprio passado sombrio vem para assombrá-lo.

A série cobre a investigação durante um período de oito dias consecutivos. A tensão parece aumentar a cada evento que passa, e estamos presos à narrativa emocionante. A história se assemelha a alguns aspectos do crime real, e decidimos investigar suas origens. Então, Os Segredos de Manscheid tem uma história real? Eis o que sabemos.

Continua após publicidade

Os Segredos de Manscheid tem história real?

Os Segredos de Manscheid
Imagem: Divulgação.

Indo direto ao ponto, não, Os Segredos de Manscheid não tem base em uma história real. Mas mesmo que a série não tem base em nenhum crime em particular, ela tira suas ideias das inúmeras transgressões que ocorrem no submundo da sociedade urbana. A série tem criação de Thierry Faber, que escreveu seu roteiro junto com Eric Lamhene e Christophe Wagner. Além disso, essa é a primeira série policial que tem filmagens no Luxemburgo, com Os Segredos de Manscheid situando a sua narrativa no pano de fundo do país.

Faber desenvolveu o conceito em 2015 e posteriormente o expandiu em uma série de doze episódios junto com seus colegas escritores. Wagner admitiu que os elementos do crime da série tiveram inspirações nos mitos e monstros à espreita da sociedade. Assim, a floresta se torna um personagem principal, pois esses monstros tendem a residir nos limites da folhagem densa. Wagner (o diretor do programa) usou fotos de drones para estabelecer esse aspecto específico da série, o que a torna mais relacionável aos acontecimentos do mundo real.

Leia também: Ligações Perigosas é uma história real? A verdade por trás do filme

Luc Schiltz passou por um treinamento introdutório sobre como operar uma arma e procurar em uma cena de crime de um especialista da vida real em preparação para seu papel como o detetive de mesmo nome. A rede que se concentra na população local retratada na série é visível em comunas fortemente unidas, especialmente nas aldeias.

Continua após publicidade

Este aspecto tem introdução na narrativa de Os Segredos de Manschied que lhe dá uma vibe realista. Os personagens do programa se assemelham às figuras misteriosas de outros programas criminais, especialmente ‘True Detective’, embora não lide com o oculto. No entanto, Os Segredos de Manschied fala muito sobre a sociedade e suas maquinações ocultas.

A ideia de Faber para a série decorre de ‘Broadchurch’ e da série dinamarquesa ‘The Killing’, que funcionou fortemente no meio local. Ele também observou que as séries de crimes são capazes de envolver os espectadores, pois refletem os acontecimentos de nossa sociedade.

Apesar de Os Segredos de Manscheid ter uma narrativa ficcional, situa-se dentro dos crimes da vida real que geralmente ficam confinados nos cantos dos jornais.

Continua após publicidade
Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.