OSCAR 2020: Confira algumas curiosidades sobre os indicados

Curiosidades Oscar 2020

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas já divulgou os indicados ao Oscar 2020 e, entre as surpresas e os esnobados pela premiação, o que não faltam são curiosidades sobre os nomes e produções que participam da disputa, marcada para acontecer no dia 09 de fevereiro.

Mas antes mesmo de entrar nas curiosidades envolvendo os indicados, queremos mencionar um outro fato inusitado que pouca gente conhece: é possível realizar palpites em plataformas online e, quem sabe, ganhar algum dinheiro apostando em quem você acha que levará a estatueta. Em geral, os especialistas recomendam a casa de apostas 1xbet, mas existem diversos outros sites que oferecem essa opção, que se soma aos já tradicionais bolões entre amigos.

Finalmente, é possível conferir abaixo algumas curiosidades sobre os indicados ao Oscar 2020.

Indicação dupla para Scarlett Johansson

Antes de 2020, Scarlett Johansson nunca havia sido indicada ao Oscar e agora, em seu ano de estreia na disputa pela estatueta, acabou recebendo duas indicações. Ela concorre a melhor atriz, pelo seu papel no drama “História de Casamento”, e a melhor atriz coadjuvante, pelo filme “JoJo Rabbit”, que só chega aos cinemas brasileiros no dia 06 de fevereiro.

Continua após a publicidade

Imagem: Pixabay.

“Coringa” lidera indicações

O filme solo do vilão Coringa foi o líder em indicações do Oscar 2020. Estrelado por Joaquin Phoenix, o filme concorre a 11 categorias, incluindo melhor filme, melhor ator, melhor diretor e melhor roteiro adaptado.

Recorde para a Netflix

Em 2019, a Netflix foi indicada 15 vezes. Agora, a gigante dos streamings quebrou o próprio recorde e figura 24 vezes entre os indicados, incluindo duas produções na categoria de melhor filme. Essa foi a primeira vez em que a empresa recebeu mais indicações que qualquer grande estúdio.

Primeira indicação para a Coreia do Sul

“Parasita”, dirigido por Bong Joon-ho, foi um dos queridinhos de 2019 e acabou se tornando a primeira indicação de uma produção da sul-coreana ao Oscar. O filme concorre às categorias de melhor filme estrangeiro e melhor filme. Essa é a sexta vez que um filme de língua não-inglesa conquista a indicação dupla, assim como fez “Roma” na edição anterior.

Quatro indicações com apenas 25 anos

Outra atriz a fazer história na edição deste ano foi Saoirse Ronan, que conseguiu sua quarta indicação ao Oscar com apenas 25 anos. Ela, que concorre a melhor atriz por “Little Women”, é a segunda mais jovem a atingir o feito, atrás apenas de Jennifer Lawrence.

Banderas recebe primeira indicação

O espanhol Antonio Banderas recebeu a sua primeira indicação ao Oscar pelo filme “Dor e Glória”. Nele, o ator interpreta um cineasta refletindo sobre as suas escolhas de vida, o que lhe rendeu a indicação de melhor ator. O filme foi dirigido por Pedro Almodóvar, que se baseou em sua própria história para compor o longa.

Brasil no Oscar

Ainda que “A Vida Invisível”, melodrama tropical de Karim Aïnouz, tenha ficado de fora da disputa de melhor filme estrangeiro, o Brasil está sendo representado no Oscar por duas produções.

A indicação mais direta é a do filme “Democracia em Vertigem”, dirigido por Petra Costa, que concorre na categoria de melhor documentário. Mas, além dele, também temos o original da Netflix “Dois Papas”, dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles, que recebeu indicações nas categorias de melhor roteiro adaptado, para Anthony McCarten, melhor ator, para Jonathan Pryce, e melhor ator coadjuvante, para Anthony Hopkins; Meirelles, no entanto, não concorre como melhor diretor.

Uma outra curiosidade sobre as indicações que representam o Brasil é que a ex-presidente Dilma Rousseff aparece em ambas. Ela, claro, é a figura central do documentário dirigido por Petra Costa, mas também surge brevemente em “Dois Pais”, que utiliza uma filmagem da Copa do Mundo de 2014.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, criador de conteúdo, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias e resenha séries semanalmente.

No comments

Add yours