Outcast – 1×07 – The Damage Done

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Continua após as recomendações

 

Essa semana, realmente, surpresas vieram a tona para fãs a série. Cheio de plot twists, o episódio veio mais dinâmico, mas ainda cheio de mistério. Mas o que seria de Kyle Barns sem todo o suspense que o cerca? Provavelmente mais um mero mortal viciado em séries como todos nós. Mas chega de enrolação e vamos ao que interessa, os fatos e acontecimentos de um não tão monótono episódio.

Continua após a publicidade

Não entendam minhas palavras como preguiça ou tédio em relação a série, muito pelo contrário. Outcast se mostrou uma grande aposta ao gênero, e essa perspectiva vem através do meu olhar não tão crítico ou refinado. Kyle vem tomando uma postura mais firme em relação a sua ligação com o sobrenatural durante o passar do tempo, e isso só acrescenta quando analisamos o fundamental papel do protagonista na série.

Depois de tanto guardar suas inseguranças e medos, Kyle resolve compartilhar seus segredos com sua ex mulher, trazendo pra perto sua antiga estrutura familiar. O momento do dia do memorial traz a tona antigas e difíceis lembranças para a sua consciência. Mesmo que lentamente abordado, vemos o quanto o rapaz sofreu durante toda sua vida, principalmente com os que participavam de seu convívio.

outcast-300x169

Imagem: Banco de Séries

E trabalhando seu âmbito familiar, percebemos ligeiro desequilíbrio com Megan, que de tanto procurar maneiras de escapar do seu passado, só se afunda em mais lama. Subornar Donnie foi tão precipitado quanto espancá-lo no meio da floresta. Além de perder o dinheiro, agora eles vão enfrentar imensas dificuldades judiciais e financeiras. Todo o caos gerado poderia ser facilmente administrado com dois tiros de advertência…

Outro que anda maluco das idéias, se é que existe alguém são naquela cidade, é o reverendo. Depois de ganhar uma tatuagem diretamente das mãos do diabo, ele resolveu virar o mundo de cabeça pra baixo e instalar o pânico e o caos pela cidade. O plot dele em específico é, ao mesmo tempo, crucial e monótono. A ligação de Kyle com o sobrenatural passa, inevitavelmente, pelas experiências e pela popularidade do reverendo. Contudo, um plot que deveria ser central, não prende tanto a atenção dos fãs e acaba sucumbindo ao tédio.

Se um dia me perguntassem qual trilha sonora eu acharia perfeita para esse fim romântico entre Kyle e Álisson, com toda certeza eu diria Malandramente. Teve nudes, abandono, tensão… Tudo que um final de episódio pedia após essa leve mudança de atitudes da série. Estamos caminhando cada vez mais para o final e espero continuar presenciado plots enigmáticos e uma dinâmica mais envolvente a cada segundo que passar dos próximos episódios. Afinal, uma série com honrada produção deve sempre buscar seu espaço na mídia.

Nenhum comentário

Adicione o seu

Tags Outcast