Outcast – 2×05 – The Common Good

Imagem: Youtube/Reprodução

Continua após as recomendações

Acho que valeu totalmente a pena insistir na série, uma vez que este episódio foi incrível. Acredito que nunca vi algo tão interessante dentro da história. Parece que as coisas começaram a fazer sentido e isso tornou o episódio dinâmico. Já estava passando da hora de virem com uma produção boa e o fizeram. Só espero que mantenham sua posição e ritmo de narrativa, pois os acontecimentos de hoje repercutem de forma gigantesca no futuro da série. Uma Rome pós apocalíptica está para surgir e Kyle precisa se preparar para enfrentar seus próprios demônios.

Continua após a publicidade

A vida de nossos personagens não está nada fácil e todos já sabemos. A cidade está infestada por demônios em todo lugar e parece que todos tem um certo nível de loucura. Desde o prefeito, até o policial, passando pelos membros do “Farol”, todos já tiveram suas vidas afetadas pela possessão. Sidney agora está cada vez mais próximo do poder e parece conseguir trabalhar bem sua liderança. O que me deixa mais curioso é ver um personagem tão poderoso que, muitas vezes, acaba sendo evasivo quando vai demonstrar sua superioridade. Sidney devia se impor mais como antagonista, pois ainda sinto um pouco de calmaria em suas ações. Claro que algum de seus feitos são memoráveis, como a cicatriz do Reverendo ou a morte o prefeito. Mas ainda assim, espero ver um pouco mais de seus planos…

E não é que a relação fraternal estava abalada? Realmente não é fácil crer na existência de possessões ou nas habilidades de Kyle. Contudo, parece que o jogo virou e finalmente Megan viu acontecer com os próprios olhos. Na verdade, ela queria mesmo era tampar o sol com a peneira, porque depois de tudo que aconteceu com ela, só não vê quem é bobo. O angustiante final de episódio, com a luta entre Kyle e o chefe Giles está aí pra provar a ela que o mal realmente se instalou na cidade. A cena da batalha entre os dois foi épica e bem angustiante, como muitas possessões da série são.

Imagem: Youtube/Reprodução

No meio de suas loucuras, Alisson resolve sair daquele local assombrado que vivia. A personagem teve um trabalho tão bacana na primeira temporada, mas com o retorno ela acabou se perdendo um pouco. Ainda temos que descobrir sobre a criança do manicômio e suas repercussões na série. Não acredito que seja um possuído qualquer, afinal vimos a “relação” dele com Sidney no último episódio e o foco que eles deram no atual. Por mais que Kyle viva protegendo sua família, ainda é nítido que há chances de recaídas sobrenaturais e nem todos estão a salvo dos demônios.

Ainda mantenho firme minha posição de que Aaron terá uma ascensão gigantesca dentro da série. Ele foi o personagem mais água pro vinho que vi em tempos. Todo o ódio que sentia por ele na primeira temporada foi sendo substituído por um interesse em relação ao antagonismo. Ele deixou de ser um pirralho chato e está sofrendo muito para aprender a conduzir sua possessão. Espero que consigam trabalhar bem sua relação com Sidney, como já vem fazendo. Ainda fico um pouco chocado com sua frieza em relação à morte da mãe, mas isso só acrescenta pontos positivos em relação à sua posição na série.

Chegamos no meio da temporada e as coisas parecem que ficaram animadas. Basta aguardar para ver se eles irão conseguir manter o ritmo durante todo o resto. O que vocês estão achando desse retorno? Continuem acompanhando as novidades e reviews aqui no Mix e nos vemos na próxima semana. Até lá! 😀

2 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    Bruno Dornelles Rangel 12 maio, 2017 at 15:24 Responder

    Um episódio realmente empolgante! Infelizmente os protagonistas, Kyle e Reverendo não convencem. Megan é uma boa personagem e espero que agora sim ela se una a eles (junto com Allison) para lutar contra o mal.

    A cena toda dentro e fora da escola foi muito boa, só acho que Kyle demorou muito pra agir. Só resolveu se mexer quando já é tarde. Espero que Giles não morra. Obviamente Kyle não morrerá, mas vai levar tempo para se recuperar e talvez o novo Outcast “mais poderoso” que citaram entre em cena e dê mais ânimo pra série.

    • Lucas Franco
      Lucas Franco 13 maio, 2017 at 08:21 Responder

      Esse novo Outcast ainda é um mistério né?? Espero que saibam trabalhar bem a história do novo Outcast com Kyle. A luta com Giles foi mais que estupenda e nenhum dos dois merece a morte!!!

Post a new comment

Tags Outcast