Partido Comunista da Rússia quer banir Chernobyl da HBO e processar criador

Partido chama Chernobyl da HBO de “difamatória”

Chernobyl acaba de encontrar um grande rival que vai além de radiações químicas. O partido político russo e sucessor do partido no poder da União Soviética, os chamado Comunistas da Rússia, divulgou um comunicado que exige a proibição da série “Chernobyl”, da HBO. As informações são do IndieWire.

Continua após as recomendações

O grupo está pedindo que Roskomnadzor, uma espécie de regulador de TV da Rússia, não divulgue a aclamada série. Bem como, elimine-a da programação. O partido usa a justificativa de que a série é uma “ferramenta ideológica”. Além disso, está acusando-a de “demonizar” o governo soviético. O Partido Comunista ainda chamou a série de “repugnante”.

Na série ‘Chernobyl’, a verdadeira tragédia se tornou objeto de manipulação ideológica por parte da HBO.“, disse o membro do partido comunista russo, Sergey Malinkovich. “A série de TV sobre os dramáticos acontecimentos de abril de 1986 é uma ferramenta ideológica. A sua intenção é difamar e demonizar a imagem do governo soviético e do povo soviético”.

Continua após a publicidade

A declaração continua. “Embora a cronologia dos eventos e momentos-chave da série correspondam à realidade, as ações dos próprios heróis, a ordem das relações nas instituições e coletivos e, finalmente, o clima moral na própria sociedade soviética é o primeiro exemplo de uma mentira absoluta.”.

Russos ainda querem processar criador da trama

Os comunistas da Rússia também estão buscando uma forma de processar o criador do programa, Craig Mazin, por “difamação”. Além disso, outros produtores e escritores por trás da série também serão alvo do processo. O grupo argumenta que a série está em violação contra o artigo 129 do Código Penal da Federação Russa.

O jornal Moscow Times relata que o Kremlin está indignado com o fato de a televisão americana ter contado a história de Chernobyl diante da mídia russa. “Chernobyl“, da HBO, tornou-se uma sensação no país, mas a mídia russa está tentando reduzir o sucesso dizendo que o programa é uma “caricatura da não verdade“.

Desde que “Chernobyl” começou a ser exibida, o turismo para a zona do desastre aumentou. A empresa de excursões de Chernobyl, SoloEast, viu um aumento de 30% nos turistas indo para a área em maio de 2019 em comparação com o mesmo mês de 2018. A companhia disse que os pedidos para junho, julho e agosto subiram 40% por causa da série.

“Chernobyl” estreou sua corrida de cinco episódios nos Estados Unidos no dia 6 de maio, sendo transmitido seu final no dia 3 de junho.

Leia também: Chernobyl bate recorde de Game of Thrones na HBO.

Tags Chernobyl
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours