Penny Dreadful – 1×04 – Demimonde

Penny-Dreadful-1x04

 

Hoje fui assistir o quarto episódio sem muita expectativa por motivos de que eu realmente estou me sentindo um pouco confusa com tantos crossovers! Mas foi aí que eu bati a mão no notebook e gritei em plena agência (porque eu vejo meus episódios na hora do almoço da firma) e disse bem alto “AGORA SIM, BRASIL”! E óbvio que meu sentimento de euforia contagiou os colegas que vieram me perguntar o porquê da minha animação. E eu contei com muito fascínio que agora Penny Dreadful estava engrenando!

Tirando a minha animação de cena e colocando nossos queridos Vanessa Ives, Ethan Chandler, Sr. Malcom, Frankstein, Dorian Gray e Brona Croft em destaque, nesse episódio observamos um maior desenvolvimento de caráter do já conhecido Sr. Gray. Como já dizia sua história original, Dorian é um ser extremamente sedutor. Não somente por sua beleza, mas por provocar um certo interesse em todos ao seu redor, meros mortais que caem em seus encantos. Menino Gray é daqueles que a gente olha e não desgruda o olhar, sabe? Cada vez fica mais curioso e quer ir até o fim nessa história para entender. Óbvio que nossos amiguinhos caíram nesse Conto do Vigário.

A quarta narrativa mostra Sra. Ives sendo questionada por uma criança sobre porque ela não participa da Igreja e então entendemos que seus problemas são bem mais internos do que externos, já que ela fica hipnotizada quando vê Sr. Gray em um jardim botânico. Ao mesmo tempo, Chandler e Croft sentem-se cada vez mais íntimos um do outro ao ponto de contar um pouquinho dos seus segredos e, na casa principal, Sr. Malcom e Frankstein discutem sobre o pequeno sequestrado em seu porão.

Uma transfusão de sangue não bem sucedida mostrou que não seria tão fácil assim transformar um ser obscuro em humano de novo, assim como Victor já notou que não vai se livrar de seu primeiro invento de forma tão fácil. Deu pra notar de novo que somos inundados de segredos e fatos mal contados, né? A história começa a mostrar outros desenvolvimentos mais “humanos”, digamos assim. Ms. Ives vai ao teatro a procura de Dorian, Chandler leva Croft e todos se encontram num momento descontraído, quando então Ethan também parece ver em Sr. Gray uma pontada de sedução. Quando é convidado a sair daquele ambiente e partir para um ring de apostas, o final fica para que vocês vejam sozinhos. E esse final  é a resposta do quão sedutora é a vida desse ser fantástico. Outro pequeno detalhe a ser comentado é a introdução de Van Helsing como o professor etimologista que ajuda Frankenstein a avaliar o sangue retirado das criaturas obscuras caçadas.

Sobre a conexão de Ms. Ives com Mina foi um assunto pouco explorado, somente voltando com a ideia de que sim, Vanessa é a isca para que Ms. Malcom chegue até sua filha. Com um cenário, estúdio e maquiagem estupendos, Penny Dreadful vem mostrando quevale a cada episódio pelo simples motivo de ser fantástico.

Share this post

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.