Pretty Little Liars – 7×19 – Farewell, My Lovely

Imagem: YouTube/Reprodução

Continua após as recomendações

Aqui estamos com o penúltimo episódio de PLL e a sensação é de nostalgia, alegria e tristeza ao mesmo tempo. Acredito que a maioria dos fãs está se sentindo assim nesse exato momento!

Continua após a publicidade

Talvez eu esteja sendo crítico de mais, mas para ser o inicio do fim esse episódio foi fraco e infelizmente a chance de termos algo corrido na semana que vem é grande. A sensação que fica é de que Marlene nunca planejou trilhos decisivos para a história e no final acabou perdendo o rumo e correndo para qualquer direção. Digo isso após voltarmos para o episódio 6×10 (se não me falha a memória). Ficamos até hoje esperando para descobrir de fato do que se tratava aquela cena onde Alison encontra-se na escola e as Liars chegam correndo falando “Ele está aqui”. No episódio dessa semana descobrimos que tudo aquilo não se passava de um simples SONHO. Qual a necessidade daquela cena existir para no final não significar nada? Por mais que estamos acostumados com os furos de PLL, é de deixar qualquer um revoltado em situações como essa!

O destaque do episódio para variar, ficou por conta de Mona! Mona sempre gostou de ter controle de tudo e após ser apresentada ao jogo feito por –A.D é claro que acabou surtando ao perceber que nem ela seria capaz de resolver tudo aquilo… Foi graças a esse surto que ficamos sabendo quem matou Charlotte. Entre ilusões, Mona confessou que foi ela! Na verdade foi em legitima defesa e tudo isso aconteceu pelo fato de que Mona queria proteger as Liars e falou com todas as letras que elas eram suas AMIGAS. Ah Mona… Você sempre mereceu fazer parte do clubinho dessas meninas. Uma pena que a única que sempre se preocupou com ela foi Hanna. Teremos o final dela louca e trancada num manicômio? Sinceramente ela merece um final feliz. Agora, jogando limpo, esperava algo grandioso e impactante para a morte de Charlotte. Achei tudo meio água com açúcar.

Não poderia deixar de mencionar a volta de Mary nesse episódio. Ela foi à responsável por salvar a pele das meninas ao se acusar de ter matado Elliot. Com esse ato, ela demonstrou que ama Spencer, e como uma boa mãe, se sacrificou para ver a filha livre e feliz.

Para finalizar, gostaria de destacar a postura e palavras da Detetive Tanner. Ela resumiu como a justiça é feita no nosso mundo. Não é necessário ter uma prova real e sólida de um assassinato ou até mesmo qualquer outro crime. Se uma pessoa intervir e tiver conhecimento suficiente para se entregar mesmo sendo inocente, o que vale é ter essa meia verdade do que ficar investigando para achar o que de fato aconteceu. Mary se entregou, Tanner sabe que ela é inocente, mas não tem provas sólidas e com isso as Liars ficaram livres.

Prometo que semana que vem tentarei escrever a review finale o mais rápido possível para vocês! Prefiro não criar expectativas e ser surpreendido positivamente ou negativamente. Até lá!

Coloquem os relógios para rodarem, bitchs! A contagem para o final começou pra valer! -A.D ;*

3 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    Mayara Peretti Casagrande 27 junho, 2017 at 00:41 Responder

    Nossa, essa 7B tá tão fraca! Desse jeito acho que vamos terminar a série com mais perguntas ainda! E que péssimo aquela sequência da Ali ser um sonho! 🙁

    • Rodrigo Chechi
      Rodrigo Chechi 28 junho, 2017 at 11:48 Responder

      Nem me fala Mayara… essa temporada começou tão bem e depois despencou completamente! Estou aqui ansioso para assistir o finale torcendo para ter sido bom e termos todas as respostas de maneira clara! Não perca a review que farei o possível para sair o quanto antes e obrigado pelo comentário ^^

  2. Avatar
    porlapazyporlavida lc 22 junho, 2017 at 21:13 Responder

    Fiquei tão triste pela Mona. Merece um final maravilhoso.
    Ezra estava muito engraçado nesse episódio. Amei mesmo. Adoro quando ele se envolve nas investigações.

Post a new comment