Produtor de Chicago Fire fala sobre a morte da premiere

Elenco encabeçado por Jesse Spencer e Taylor Kinney em Chicago Fire.

Elenco encabeçado por Jesse Spencer e Taylor Kinney em Chicago Fire.

Continua após publicidade

 

Continua após a publicidade

Já era conhecimento de todos que Chicago Fire iria se despedir de um personagem amado no começo da terceira temporada. Mas muitos ficaram surpresos ao descobrirem de quem se tratava…

Continua após publicidade

ATENÇÃO, NOTÍCIA COM SPOILERS.

Shay interpretada por Lauren German veio a falecer na explosão dentro do prédio onde estavam praticamente todos do elenco. A morte não só afetou os personagens como também todos os espectadores do show. Pensando nisso, o produtor e showrunner da série Matt Olmstead concedeu uma entrevista ao TVLine a qual falou do assunto.

Continua após publicidade

Nela, ele revelou que os produtores da série queriam matar alguém que pudesse causar exatamente este impacto nos personagens e nos fãs da série, em oposição a matar um personagem secundário.

O TVLine ainda questionou se ele considerou matar outro personagem. “Nós consideramos”. Na sala dos roteiristas, temos [fotos] de todos os atores e alinhamos ele apenas como uma referência visual”, disse Olmstead.Nós fomos para baixo, um por um … É como uma lista de um time de futebol, quando você está tendo que fazer um corte. Você está tendo que pesar os prós e contras de cada um. Alguns se safaram em dois segundos, dissemos que não ia acontecer. Outros debatemos, mas deu a todos “um dia no tribunal”. Voltamos para Shay, porque ela afetou a maioria das pessoas“, justificou o produtor.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

NOTÍCIAS | Novo interesse amoroso para personagem em Chicago Fire

Matt ainda disse que Lauren foi bem profissional ao receber a notícia da morte de sua personagem e tratou a todos com muita gentileza. Apesar de ser um trabalho, um ofício, todos ficaram receosos com as reações do elenco e principalmente da atriz, mas no final, todos foram profissionais.

Um assunto comentado na entrevista foi também sobre o lesbianismo da personagem, e o medo de que o público pudesse ligar isso à morte: “Não havia uma agenda pra isso. Todos os personagens foram analisados de forma igualitária.Como contadores de histórias, você tem que ser sentimental às vezes. Tendo feito isso antes, quando os personagens foram mortos, absolutamente, inicialmente, há uma reação muito forte, especialmente da facção que realmente gostava do personagem. Minha política é não ir imediatamente e ler os comentários momentos depois. Você tem que deixá-los definindo um pouco e confiar em que a  narrativa vai ser forte.

Quando questionado sobre possíveis flashbacks com a personagem, o produtor foi direto ao dizer que a série não trabalha com esta linha, e que será bem difícil vermos Shay novamente. Mas que todos sentirão saudades do talento de German.

E vocês? Estão tristes com a saída da personagem?