Produtora comentou sobre a violência excessiva na 7ª temporada de The Walking Dead

Imagem: Mix de Séries

Imagem: Mix de Séries

Continua após as recomendações

 

The Walking Dead sempre chegou no limite de sangue e violência, embora que a 7ª temporada, compreensivelmente, atingiu um certo platô com a sua estreia. Alguns produtores ainda sugeriram que a reação dos fãs os inspiraram a diminuir a intensidade de sangue da temporada, apesar dos criadores dizerem o contrário.

Continua após a publicidade

Foi a produtora executiva Gale Ann Hurd, que disse: “nós ouvimos o feedback sobre o nível de violência…nós diminuímos a quantidade nos episódios que ainda estávamos filmando”.

“A violência na estréia foi executada por uma razão. O horror do que aconteceu com os personagens foi muito específico para esse episódio e o início de toda essa nova história. Eu não acho que esse é o nível básico de violência que necessariamente deveria estar no programa. Deve ser específico para uma história e um propósito, e havia um propósito de traumatizar esses personagens a um ponto em que talvez eles fossem dóceis pelo resto de suas vidas, o que era o ponto de Negan. Mas vou dizer novamente, a violência na estréia foi para um propósito narrativo específico e eu nunca diria que essa é a quantidade de base de violência que iria mostrar no show”.

Fonte: ScreenCrush

Nenhum comentário

Adicione o seu