Quais atores devem levar o Emmy 2018? Confira nossas apostas

Imagens: Divulgação

O Emmy, a maior premiação da TV, está chegando. Na próxima segunda, 17, conheceremos os melhores da televisão, e o Mix faz as suas apostas. Confira quem pode levar a cobiçada estatueta dourada nas categorias principais de atuação:

Melhor Ator – Drama

Matthew Rhys por The Americans
Ed Harris por Westworld
Jason Bateman por Ozark
Jeffrey Wright por Westworld
Sterling K. Brown por This is Us
Milo Ventimiglia por This is Us

Continua após a publicidade

Quem vence: Matthew Rhys, The Americans

Quem merece: Matthew Rhys, The Americans

Comecemos pela categoria mais difícil da noite. Embora Jason Bateman seja querido pela indústria e tenha chances de vencer por Ozark, as corrida está apertada realmente entre Sterling K. Brown e Matthew Rhys. O primeiro vem de uma vitória incontestável pela primeira temporada de This is Us, o segundo chega com várias indicações que não se configuraram em vitórias; além disso, Rhys defende a última temporada do prestigiado The Americans. Logo, é a última chance do ator vencer o Emmy pela série, que sofre com as injustiças do Emmy desde a estreia.

The Americans é aquele tipo de série que a crítica idolatra e o povo ama, mas que o Emmy ignora sumariamente. Ela se reúne a outros clássicos como The Wire, The Sopranos Breaking Bad, programas que ou não venceram prêmios ou demoraram a ser reconhecidas. Sopranos, por exemplo, perdeu para The West Wing ano após ano. Breaking Bad foi vencer na categoria principal em suas temporadas finais. The Americnas pode seguir o mesmo caminho, sendo lembrada tardiamente pelos votantes, ou pode se torna uma nova The Wire e sair da festa de mãos completamente vazias.

Esse descaso da Academia com a série é o que mais prejudica a corrida de Matthew Rhys. Do contrário, o ator tem tudo para fazer bonito e levar a estatueta para casa. A concorrência ajuda: tirando Brown e Ventimiglia, elevados pelo sucesso de This is Us, os demais oferecem pouca ameaça, principalmente os representantes de Westworld, que são muito mais coadjuvantes do que protagonistas.

Melhor Atriz – Drama

Keri Russell por The Americans
Claire Foy por The Crown
Tatiana Maslany por Orphan Black
Elisabeth Moss por The Handmaid’s Tale
Sandra Oh por Killing Eve
Evan Rachel Wood por Westworld

Quem vence: Elisabeth Moss, The Handmaid’s Tale

Quem merece: Elisabeth Moss, The Handmaid’s Tale

Esta é uma categoria curiosa. Primeiro que a corrida é difícil, com todas as indicadas tendo chances de vitória. Segundo porque é praticamente impossível negar um Emmy à Elisabeth Moss. Seria ótimo ver Sandra Oh vencer, assim como Keri Russel, concorrendo por sua última temporada. Também seria bacana ver Tatiana Maslany levando a melhor, e Evan Rachel Wood é outra que merece reconhecimento.

Mas então lembramos de The Handmaid’s Tale e os incontáveis momentos de pura genialidade por parte de Moss. A atriz não só possui um Emmy Tape poderosíssimo, como também tem uma performance sólida durante toda a temporada. Além disso, Moss é a protagonista definitiva da série, diferente de Wood que divide a cena com um vasto elenco, Oh, que divide a cena com outra protagonista ou Russel, que reparte o tempo de tela com Matthew Rhys.

Sim, Handmaid’s Tale tem várias coadjuvantes, mas Moss ainda é o foco principal do show, e a atriz concebe cenas antológicas. Moss, assim como Maslany, carrega sua série nas costas. Ainda que o restante do elenco faça um bom trabalho, a força motriz da trama é ela, e um incrível trabalho foi entregue mais uma vez. A concorrência realmente é forte, mas a vitória parece próxima para Elisabeth.

Imagem: Hulu/Divulgação

Continua após a publicidade

Melhor Ator – Comédia

Donald Glover por Atlanta
Bill Hader por Barry
Anthony Anderson por black-ish
William H. Macy por Shameless
Ted Danson por The Good Place
Larry David por Curb Your Enthusiasm

Quem vence: Donald Glover, Atlanta

Quem merece: Bill Hader, Barry

Três atores correm na frente pelo prêmio, e todos por motivos distintos. Donald Glover assume a dianteira, mas o fato de dividir muito tempo de tela com os parceiros de elenco podem lhe custar alguns votos. A Academia pode achar que Glover não é tão protagonista como Bill Hader, por exemplo, que carrega Barry. Este tem uma atuação curiosa, daquelas que a crítica, o público e a Academia gostam. Hader mistura humor e psicopatia na medida, e a força de seu personagem pode ajudar na conquista de alguns votos.

Ted Danson é outro que disputa a estatueta. Sua força reside em duas frentes: The Good Place é a queridinha da crítica e Danson é um veterano muito bem quisto pelos companheiros da indústria. Estes dois fatores, muito mais que sua atuação, podem lhe garantir alguns votos e, quem sabe, a vitória. Já William H. Macy merece há anos, mas parece que volta novamente de mãos vazias para casa. Anthony Anderson e Larry David não apresentam ameaça aos favoritos.

No fim, o prêmio deve ir para Glover por alguns motivos claros: Atlanta é uma das séries do momento e deve levar o Emmy de Melhor Comédia. Premiar Glover e confirmar o favoritismo da série. Além disso, Glover teve um ano excelente, tendo estourado não só como ator, roteirista e diretor, mas como cantor e compositor, como comprova sua persona de Childish Gambino.

Melhor Atriz – Comédia

Tracee Ellis Ross por black-ish
Rachel Brosnahan por The Marvelous Mrs. Maisel
Allison Janney por Mom
Pamela Adlon por Better Things
Issa Rae por Insecure
Lily Tomlin por Grace & Frankie

Quem vence: Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel

Quem merece: Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel

Tudo parece caminhar para a vitória de Rachel Bronahan. The Marvelous Mrs. Maisel é uma das favoritas na categoria principal e Brosnahan é o rosto principal do show. Diferente de Ellis Ross ou Tomlin que dividem a cena com outras pessoas, Brosnahan é uma protagonista legítima. E o timming cômico da atriz deve conquistar uma porção de votos, principalmente daqueles indecisos.

O que pode prejudicar a atriz? O fato da primeira temporada ter sido lançado há muito tempo, no início do período de elegibilidade. Fora isso, pouca coisa pode ameaçar sua vitória.

Melhor Ator – Série Limitada ou Filme

Antonio Banderas por Genius: Picasso
Darren Criss por The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story
Benedict Cumberbatch por Patrick Melrose
Jeff Daniels por The Looming Tower
John Legend por Jesus Christ Superstar Live in Concert
Jesse Plemons por USS Callister (Black Mirror)

Quem vence: Darren Criss, American Crime Story

Quem merece: Benedict Cumberbatch, Patrick Melrose

A segunda temporada de American Crime Story é tão ruim que será uma pena ver o seu protagonista leva o prêmio. Principalmente se considerarmos o brilhantismo de Benedict Cumberbatch em Patrick Melrose. Darren Criss faz um bom trabalho, mas só isso não basta, principalmente quando a concorrência é tão boa. É triste ver que tantos programas excelentes percam estatuetas para uma bagunça como o segundo de ACS. 

Imagem: Jeff Daly/FX/Divulgação

Continua após a publicidade

Melhor Atriz – Série Limitada ou Filme

Jessica Biel por The Sinner
Laura Dern por The Tale
Michelle Dockery por Godless
Edie Falco por Law & Order True Crime: The Menendez Murders
Regina King por Seven Seconds
Sarah Paulson por American Horror Story: Cult

Quem vence: Laura Dern, The Tale

Quem merece: Laura Dern, The Tale

Uma das maiores barbadas da noite se desenha com a vitória de Laura Dern, por The Tale. Ainda assim, depois que o telefilme da HBO perdeu para USS Callister na categoria de Melhor Filme, tudo é possível na Academia. De todo modo, Dern desponta como favorita absoluta, e apenas uma má vontade por parte dos votantes pode tirar o prêmio de suas mãos.

Tags EmmyEmmys
Matheus Pereira

Matheus Pereira

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.

No comments

Add yours