Quantico – 1×02 – America

Quantico 2

Imagem: Arquivo pessoal

 

Após ver o piloto de Quantico, eu fiquei ao mesmo tempo ansioso e apreensivo. Tive medo de que uma série com um piloto tão bem planejado e executado pudesse vir a pecar em certos pontos, ou então desacelerar um pouco as coisas no segundo episódio. Mas felizmente eu estava errado e o que nos foi apresentado intensificou ainda mais meus sentimentos de curiosidade em relação à série. É incrível como esta série consegue trabalhar com nossa intuição, mostrando a todo momento conexões inimagináveis entre os personagens. Trocando as informações em miúdos, a série está sendo um “quem matou?” com qualidade excepcional.

O estilo dos episódios permanece constante e acredito que será assim pelo resto da temporada. Temos eventos que ocorrem em um certo tempo e eventos nove meses depois. No passado da história, percebemos como os candidatos a agentes trabalham com seu instinto e com o questionamento das informações que recebem. Eles tiveram uma tarefa relacionada a evitar que ataques terroristas aconteçam e como eles analisariam uma cena em busca de evidencias que indicariam o possível ataque.

Neste episódio, conhecemos os analistas que irão auxiliar os agentes com as evidências. Descobrimos que Caleb está de volta trabalhando como um analista e parece demonstrar vontade de voltar a ser um agente em treinamento. Dentre os analistas, conhecemos Elias Harper (Rick Cosnett), que possui uma ligeira atração por Simon e procura chamar sua atenção, mas o agente não se mostra nem um pouco interessado. Como em toda boa história, a protagonista precisa de uma rival ao seu alcance, conhecemos também Natalie, uma agente que está sempre a sombra de Alex e procura se mostrar melhor que ela em todas as atividades.

Caminhando para o futuro, Alex agora está foragida e a procura de evidências para limpar o seu nome da lista de suspeitos. Ela consegue algumas gravações em frente ao seu prédio provando que ela não estava no local quando Ryan entrou, sendo então impossível que a garota atirasse no agente. Depois de um confronto intenso com Natalie dentro de seu apartamento, Alex consegue demonstrar toda a sua evolução no treinamento e escapa, deixando a agente presa nos telhados.

O episódio teve uma qualidade incrível, com dinamismo e apresentou diversas informações que me deixaram bastante ansioso para os próximos. Dentre os pontos ainda não revelados, acredito que os mais curiosos são a ligação de Miranda com as gêmeas envolvendo o experimento do FBI com o qual elas estão relacionadas, a real intenção de Simon em ser um agente, além do interesse do garoto em Minah/Raina e a ligação de Shelby com a pessoa misteriosa que ela conversou ao telefone. Agora nos resta aguardar pelos próximos episódios com todo o desenrolar dessa história.

Tags Quantico

Share this post

Lucas Franco

Lucas Franco

Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, The Good Doctor e Legends of Tomorrow.