Quantico – 1×19 – Fast

402603-620x350

Imagem: Banco de Séries

Continua após as recomendações

Chegamos a um ponto em Quantico de favoritismo sobre linhas temporais. Até o momento ambas foram bem creditadas e trabalharam em harmonia, contudo, agora vemos um grande interesse pendente a um lado. A introdução da Sistemics, por mais ligeira que tenha sido, foi bem feita e intrigante. O treinamento está chegando ao fim e pontos importantes são trabalhados. A escolha do ramo que eles vão atuar pode vir a mostrar um pouco mais do foco de cada um dentro do FBI, talvez até melhor abordado em uma próxima temporada.

401628-300x169

Imagem: Banco de Séries

Continua após a publicidade

A relação de Shelby e Alex é intrigante desde o início. Quando eles resolvem colocar as duas juntas, seja em tempos de amizade sincera ou rivalidade intensa, podemos esperar por grandes cenas. E dessa vez não foi diferente. Uma inteligência ímpar, utilizar de código morse para transmitir uma mensagem no meio do interrogatório. Contudo, não sei se ainda posso confiar em Shelby, acredito que ela ainda esteja bolando algo com Caleb, temos que esperar para ver.

Minah e Raina dominam o episódio mesmo quando não estão primordialmente presentes. Toda a revolta contra o orientador delas é plausível, porém, entende-se o lado do rapaz. Em um mundo onde o preconceito com mulheres é ainda aflorado, muito evidente em países conservadores, elas devem se adequar à realidade para proteção. Infiltrar-se em um local onde inimigos do governo americano residem, não é uma tarefa apenas de um agente. Deve ter confiança, equilíbrio, aceitação… A tarefa de ambas é árdua e seria bacana um foco maior na realidade delas dentro do FBI em uma próxima temporada.

Apesar de um bom imitador, Will me surpreendeu muito no final. Chegamos a um nível maior de destruição em Quantico: bombas nucleares. Com toda essa evolução, não podemos desviar dos padrões de normalidade da série. Pode-se muito bem adicionar uma bomba como evento crítico futuro, só não façam disso um fenômeno mundial. Alex vai precisar de muito pulso firme para correr atrás do terrorista e deve saber bem em quem pode confiar ou não. Quantico levou as coisas a um nível superior e merece aplausos pela grande evolução com os personagens e com a história.

Tags Quantico
Lucas Franco

Lucas Franco

Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, The Good Doctor e Legends of Tomorrow.

No comments

Add yours