Ray Donovan – 2×03 – Gem and Loan

ray2x3

Imagem: Showtime/Divulgação

Este episódio começou bem: senhor Donovan mor, lavando a louça de um restaurante. Adorei a cena! Admito que acho que Mickey merece lavar a louça, descascar cenouras, ter um colar com bip proibindo-o de sair do seu quarto… mas Mickey sabe que isso tudo tem mãos de seu filho Ray. Logo que ele viu o relógio no braço do agente de condicional ele sacou tudo!

Outro momento que achei esplêndido e bem sincero foi quando o psicólogo de Abby fala que o Ray faz suborno. Exatamente isso! E tudo o que ele faz para todos, para resolver os problemas dos outros, para resolver seus problemas, é subornando alguém. E foi bem chocante o psicólogo dizer na cara dura para a esposa que tudo que o marido faz é suborná-la, seja para ganhar seu perdão, seja para justificar sua violência na cama, seja para não falar sobre o abuso na infância. Nada que uma casa top, uma boa faculdade particular para filha em LA não resolva né?! Por estas fachadas que Ray mantém que eu não sei se o amo ou o odeio. Aquela coisa de amo odiar, sabe… a família Donovan inteira, praticamente, recebe este meu sentimento!

Continua após a publicidade

Já em seu quarto, papai Mickey passa o episódio inteiro tentando encontrar Claudette, seu grande amor. Por sorte, ele a encontra. Graças a Ray que o teve que tirar de seu quarto por causa daquela jornalista. Falando nela, ainda vai dar trabalho esta mulher, viu?! Ela está começando a desconfiar das tretas dos Donovan.

Mas não sei vocês, achei a primeira temporada muito mais empolgante do que a segunda. Sei que ainda está no terceiro episódio, mas a trama não muda. Esta morte do Sully já deu né. Esta história poderia ser esquecida e coisas novas serem acrescentadas. Aposto que a série tem capacidade de manter a trama mais envolvente e não deixar a peteca cair. Digo isto principalmente por ser uma produção da Showtime e também pelos excelentes atores que participam dela.

Outra parte que foi bem interessante foi o final, quando Ray e a jornalista se encontram no bar. Você não sabe se eles estão se provocando mesmo, se tudo não passa de um jogo, qual é que é destes dois. E a música no final, para fechar o episódio foi ótima: Trigger, da Tatiana Ownes. Tive que pesquisar pra baixar ela aqui. Curti bastante!

Vamos aguardar os próximos capítulos desta segunda temporada ….que melhore! Chega de Sully, chega de passado! Chega de Abby chata…kkkk (ela está bem enjoada mesmo estes tempos). E queremos Bunchy de volta (senti falta dele neste ano)!

Paula Reis

Paula Reis

Advogada e concurseira de plantão, no Mix, é editora de reviews e colunas. É viciada em tudo sobre Game of Thrones e adora séries jurídicas.

No comments

Add yours