Refrescando a memória: relembre a 5ª temporada de The 100 na Netflix

Mesmos dilemas do início de The 100

The 100 concluiu a quarta temporada com a explosão da terra e trouxe novamente o dilema que deu inicio a série, a impossibilidade de viver no planeta. De forma coerente e inovadora, a quinta temporada trouxe os mesmos dilemas e medos do primeiro ano da série. Porém, com personagens amadurecidos e com novas responsabilidades e prioridades.

O salto temporal de cinco anos trouxe uma quinta temporada diferente  para o público. Mas, ao mesmo tempo, muito semelhante ao que sempre vimos. Os eventos pós Praimfaya arrebatam o telespectador com emoções e acontecimentos que nos impossibilita de tirar os olhos da tela. De primeira mão, é possível perceber que Clark sobreviveu à radiação e aos anos na terra. Porém, com ajuda de Maddie.

Novos habitantes

O grande plot da temporada é que o jogo se inverte de uma forma incrível. Assim, vemos Clark e os outros, desta vez como os terra firme quando um novo grupo de pessoas aterrissa na terra. E como se não bastasse, os novos habitantes também são prisioneiros.

Assim, sob a liderança de uma tirana que divide o público intensamente, Diyoza é aquele tipo de vilã que amamos e odiamos ao mesmo tempo – eu pelo menos. Ademais, a luta da temporada é por algo muito importante a todos, o único vale habitável.

A abertura do bunker, que se tornou bloqueado por escombros durante anos, traz a tona a mudança drástica daqueles presos lá dentro. Desse modo, Octavia, agora intitulada Bloodreina, luta consigo mesma. Claro, devido a dilemas éticos e morais que precisou enfrentar durante o tempo de confinamento. Assim como Abby e os outros que foram condizentes de maneira indireta aos atos e ações dentro do bunker.

Obviamente, o ponto alto da temporada é a mudança dos personagens. Clarke, por sua vez, coloca Maddie como sua maior prioridade. Além disso, chega a trair os amigos em uma ou duas ocasiões em prol da vida da menina. Ela que também, durante a temporada, precisa tomar o lugar de mais nova comandante por possuir sangue negro. Logo, Maddie torna-se comandante e, assim, consegue unir todos em prol de uma causa justa.

Inabitável mais uma vez

Imagem: CW/DIvulgação

Ao final da temporada, vemos que a tirania de um dos homens de Diyosa ultrapassa os limites aceitáveis e, após perceber que não terá o vale para si de forma fácil, resolve lançar mísseis no local. Isso acaba tornando o planeta mais uma vez inabitável por tempo indeterminado.

Neste sentido, vemos que a quinta temporada da série é um recomeço e também um adeus, por termos visto a terra novamente sendo destruída e os personagens precisando encontrar meios de sobreviver longe dali. Desta vez, todos embarcam na nave de Diyoza e, devido ao tempo que precisarão permanecer longe, optam pela criogenia.

Porém, diferente dos demais, Monty e Harper decidem não dormir e sim viver de forma saudável, enquanto procuram uma nova chance para a terra, que infelizmente nunca chega. Longos 125 anos se passam e os últimos minutos da temporada acontecem cm Clarke e Bellamy sendo acordados pelo filho de Monty e Harper mostrando a descoberta de seu pai, um novo planeta para se viver.

Enfim, a quinta temporada terminou emocionante e com final em aberto, o que deixa uma grande expetativa para a sexta temporada. A nova temporada de The 100 já começou, então acompanhe aqui no Mix de Séries todas as novidades da série.

Tags The 100

Share this post