Relembre a série Brothers and Sisters: Uma história sobre laços familiares

Imagem: ABC/Divulgação

Uma das melhores famílias da TV.

Criado por Jon Robin Baitz, o drama Brothers and Sisters estreou há exatamente doze anos, no dia 24 de setembro de 2006 no canal ABC.

A série conta a história de uma família de classe média-alta em Pasadena, Califórnia, que vê tudo mudar rapidamente após a morte do seu patriarca. William era o pilar da família. Após sua morte, diversos segredos surgem trazendo muitos conflitos com o poder de destruir os laços familiares e os negócios da família. Mas os Walkers são a prova de que toda adversidade é feita para tornar esses laços ainda mais fortes.

A árvore genealógica dos Walkers

A família Walker é composta pelo patriarca William Walker (Tom Skerritt), um empresário bem sucedido dono da Ojai Foods Co. É um homem realizado como pai, marido e avô, mas que esconde muitos segredos sobre o negócio da família e sobre sua vida pessoal. Nora Walker, interpretada pela incrível Sally Fields, é a verdadeira representação de “mãezona”, atenciosa e carinhosa. William e Nora tiveram cinco filhos, Sarah, Kitty, Kevin, Justin e Tommy.

Sarah (Rachel Griffiths), é inteligente e tenta equilibrar o papel de mãe, esposa e mulher de negócios. É mãe de duas crianças e esposa de Joe, um músico que dá aulas particulares. Kitty (Calista Flockhart), apresentadora de um programa de televisão, engajada com a política, está sempre discutindo com a mãe. Kevin (Matthew Rhys) é um advogado bem-sucedido, sempre de bom humor, adora fazer chamada em conferência com seus irmãos. É gay e tem o apoio e respeito de toda família.

Continua após a publicidade

Justin (Dave Annable), um paramédico que volta da guerra traumatizado e com problemas com drogas, o que acaba atrapalhando sua vida pessoal e sua carreira. Tommy (Balthazar Getty) é o mais sério dos irmãos e o mais racional. É casado com Julia. Sua esposa é um dos motivos deles ser o mais distante da família. Após a morte do pai ele assume o negócio da família com Sarah e seu tio Saul (Ron Rifkin) irmão de Nora. Saul é um homem maduro, solteiro sem nenhuma grande conquista. Namorou Holly por um tempo mais depois a relação ficou na amizade.

Falando em Holly, ela entra no time dos “agredados”, que no decorrer dos episódios só aumentou. Holy Harper (Patricia Wettig) uma mulher incrivelmente forte que ao ser revelada como amante de William e beneficiária em seu testamento traz para si muita atenção e raiva dos membros da família Walker. Mãe de Rebecca (Emily VanCamp) que acaba se apaixonando por Justin, filho da rival de sua mãe. Holy passou por muita coisa, inclusive chegou a salvar a empresa da família de uma crise. Sua jornada foi incrível e o final foi de partir o coração.

A construção dos personagens e das tramas tornou Brothers and Sisters umas das melhores séries.

Brothers and Sisters é uma das poucas séries que traz um desenvolvimento de personagens tão rico. Os roteiristas se mostraram verdadeiros mestres ao criarem personagens fortes, complexos e cheios de características e nuances as quais o publico pode se identificar rapidamente. Cada um ganha o devido espaço. Aliando um elenco impecável a um roteiro incrível, a série traz um drama que emociona e ao mesmo tempo um humor tão gostoso de assistir que faz qualquer um querer fazer parte dessa família.

Imagem: ABC/Divulgação

Uma curiosidade é que as reuniões de família acontecem na cozinha e sempre com muito vinho, sendo certo dizer que a família tinha sua adega particular em casa. Jantar de família era sinônimo de discussão. O mais incrível e delicioso era acompanhar as brigas até chegar ao momento de paz e harmonia inicial. A sensibilidade do texto é algo muito particular. Trouxe temas com cuidado e sabedoria. O que seria delicado ou polêmico, aqui é apresentado de forma natural e organica.

Uma saga familiar que se preocupa mais em levantar questões sobre problemas cotidianos e menos com a rivalidade entre irmãos. Inicialmente a série parece se concentrar mais em Kitty, mas ao longo dos episódios todos os “irmãos e irmãs” ganham o merecido espaço com suas tramas.

Exibir famílias aparentemente perfeitas e felizes vivendo suas vidas perfeitas em suas belas casas é o que os roteiristas mais gostam de escrever, porque por trás de tudo isso existem pessoas reais com seus problemas, dilemas e complicações tanto amorosas quanto de relacionamento

Continua após a publicidade

Brothers and Sisters durou cinco temporadas com um total de 109 episódios. Apesar de ter sido cancelada a série conseguiu ser finalizada de forma digna. Um deleite para quem gosta de assistir histórias sensíveis cheias de conflitos de relacionamentos e crises familiares.

Share this post

Yuri Alves

Yuri Alves

Bacharel em Direito, fascinado pelo universo dos heróis e um viciado por séries e filmes. Sou um escritor a procura do meu espaço. Amante dos livros e da boa música. A série da minha vida , The OC. No Mix, sou responsável pelos textos de algumas séries como, The Defenders, Dynasty, Blinspot , Ozark entre outras. Quando não estou no cinema ou maratonando uma série estou me aventurando na cozinha.