Revenge 3×21 – Impetus

conrad

Uma palavra define esse episódio: BOOOOMMMM. Se bem que isso nem é uma palavra, mas foi exatamente o que sentimos com a revelação que tivemos – aliás, que o mundo todo teve – do meio para o fim de Impetus.

Começamos descobrindo que foi Emily quem raptou Charlotte. Usando mais uma vez o programa, do Nolan, que altera vozes (eu teria medo de usar aquilo, vai que estraga no meio da conversa?) ela ameaçou Conrad que, assustado após receber uma “orelha” do sequestrador, aceitou a chantagem e chamou a imprensa para contar toda a verdade, SIM, TODA A VERDADE. Nesse momento duas questões vieram à minha cabeça: de quem era a orelha? E, mais importante, por que nunca pensaram nessa jogada antes?

Já na zona nobre dos Hamptons, e correndo pelas beiradas, nossa Queen Vic começa a descobrir quem é Emily Thorne. E usando um cabelo de Charlotte e um pouco de sangue de Carl, ela resolve um  dos grandes mistérios da série. Mas é espertinha essa Victória! Pena que ela ainda não se tocou que foi Daniel quem encomendou a morte do seu falecido.

Continua após a publicidade

Por falar em Daniel, que cobrinha que nosso ex bundão está virando hein? Especialista em se safar, ele já envenenou Margaux – a francesinha que só pode pagar para ser bocó – contra Conrad, que aliás, deve ser culpado também pelo aquecimento global. E também participou da quase prisão de Emily, nesse momento deu até saudade do ex casal junto, porque essa nova relação deles cheia de ironias está demais.

Ainda sobre Daniel, me emocionou aquela conversa com Margaux, onde ele afirmou, em raro momento de sinceridade, que somente a francesinha poderia um dia salvá-lo. Será que estou ficando com o coração mole? Ainda sobre momentos românticos, adorei Aiden afirmando para Jack que ele e Emily se pertencem, foi lindo. Tanto que nem o mini beijo entre ela e Aiden diminuiu isso.

Mas o grande momento do episódio começou de algo que para nós parecia um erro, quando Jack liberta Charlotte do cativeiro. Ali, correndo para casa, ela impede que a coletiva aconteça, para nós, até ali, tudo estava perdido de novo. Mas não, uma Charlotte “canonizada” e com uma câmera escondida (que ela não sabia que tinha) confrontou Conrad. Ali no meio da discussão ele despeja toda a verdade para a bastarda ingrata, com direito a ameaças e certezas do seu poder inabalável. Quantos de vocês pensaram o mesmo que eu? Que “Charlotte bem que podia ter um gravador né”? Pois é, nós pensamos nisso, e não é que tinha uma câmera? Que apenas estava TRANSMITINDO AO VIVO para o país inteiro? E não é que aquilo que começou como um “erro” no fim era um plano de Emily que DEU CERTO?

Sim, são muitos caps locks, mas também são muitos momentos bombásticos para um episódio só. Conrad preso descobrindo que Emily foi a responsável por tudo, e sorrindo após descobrir que Victoria não será poupada. Nossa rainha com as revelações sobre Emily literalmente nas mãos. Pois é meus amigos, será uma grande season finale!

PS 1: Tá, pairou a dúvida sobre a reencarnação de David Clarke, mas pera, aquele cara para quem Victoria entregou os itens de Charlotte e Carl para o exame, não era o homem bizarro da cabana? Não sei se eu confundi, mas tô ansiosa para revelações.

PS 2: Trouxe para vocês a promo do próximo episódio, mas já aviso que não vi, porque soube que rola um SPOILER FORTÍSSIMO, então fica por conta de vocês.

Até semana que vem galeraa!

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=dc0bIfHgZXE[/youtube]

 

Letícia Bastos

Letícia Bastos

Publicitária, social media, mangaká e dançarina em protestos. Também sou apaixonada por séries e admito que novelas são meu Guilty Pleasure. Apaixonada por comédias cult/pop/nerd, ainda pretendo fundar uma seita para os Adoradores de Arrested Development. Aqui no Mix sou editora de Realitys Show e escrevo as reviews de todos os realitys do mundo, como Masterchef BR, The X Factor UK e BR, The Voice US, AUS e BR, BBB e RuPauls Drag Race.

No comments

Add yours