Revenge – 4×01 – Renaissance

revenge-01

Continua após as recomendações

Depois dos acontecimentos da season finale, nós, os fãs de Revenge, ficamos com medo do que viria a seguir. Afinal, Emily finalmente conseguiu se vingar, atingir seu grande objetivo, aquilo para o que ela viveu a maior parte da vida. Viu seu pai ser inocentado, internou Victória como louca, e viu Conrad ser acusado por tudo aquilo que fez. Parabéns Miss Thorne, você conseguiu! E agora?

Agora, começamos a conhecer uma nova Emily. Emily sim, pois não há mais espaço para Amanda Clarke, vingada e sepultada de vez. Ela comprou a mansão dos Grayson’s, redecorou a casa para tirar tudo aquilo que lembrava Victória, e mesmo assim não conseguiu recomeçar a sua vida. Quem sabe porque na verdade ela nunca teve uma vida. Agora, sem um grande propósito, Emily tenta maquiar sua tristeza e desgosto vingando outras pessoas, impedindo que elas sofram tanto quanto ela. Mas por que isso? Afinal de contas, não era dessa forma que deveria ser. O que deu errado? Posso estar louca, mas senti uma certa felicidade dela em rever Victória. O tempo dirá se estou certa.

Continua após a publicidade

Falando em Queen Vic, adorei que a temporada começou com a narração dela. E aquilo que ela disse em off cabe como uma luva nos três personagens principais da série: tanto Victória, quanto David, ou até mesmo Emily (Amanda) já morreram na série. Amanda morreu para começar sua vingança; David morreu por três temporadas, a princípio, para fugir das garras de Conrad; e Vic morreu no final da primeira temporada após um atentado. O mesmo serve para a mentira, especialidade de Emily e Vic, e que também parece ser de David. E, principalmente, a questão do renascimento. Desaparecendo, todos eles puderam renascer. Na maioria das vezes com vidas vazias pendendo para apenas um propósito.

revenge-01-02

Mas tudo isso que aconteceu meio que ofuscou o retorno de David, que por enquanto se faz de vampiro e só age nas sombras. Não entendo os propósitos dele – ninguém entende. Só me pareceu que ele ainda não reconheceu Emily, ou melhor, Amanda. Quem sabe agora no embate entre o “ex-morto” e seu ex-amor, podemos saber um pouco mais sobre os reais motivos dele desaparecer por tanto tempo. E se ele, realmente, se tornou um homem perigoso ou não. Eu tenho as minhas dúvidas. E com Conrad morto (para minha tristeza), David Clarke pode se tornar o grande vilão que nunca acreditamos que ele seria.

Mas nem só de batalha de gigantes se fez essa premiere. Vimos também o desenvolvimento daqueles outros personagens da série. Jack virou policial, e mesmo amando ver ele de uniforme – apesar da falta da barba ai ai -, não entendi o verdadeiro propósito disso tudo. Achei bobeira, na real, falta do que fazer com o personagem, que cada vez se distancia mais de Emily. Charlotte continua na eterna vibe de “pobre menina rica falida” e se droga loucamente, sofre por causa do sequestro fake, tem um relacionamento com mais alguém que não presta e Zzzzz…

revenge-01-03Margaux está agora com um cabelo futurista doido e descobriu que seu irmão, logicamente, não é flor que se cheire, principalmente após chantagear Daniel, que deixou de ser mal, e voltou a ser um playboy inconsequente. Muitos AFFS para tão poucos personagens! Nolan continua não tendo uma história, mas pelo menos está ao lado de Emily nessa busca pelo seu novo objetivo de vida.

Foi lenta, mas foi uma boa premiere, onde nossas duas rainhas brilharam lindamente – para sempre na memória a cena de Victória de guarda-chuva saindo do manicômio – e que prevê um ano cheio de reviravoltas. E vocês, o que acharam do retorno de Revenge?

Letícia Bastos

Letícia Bastos

Publicitária, social media, mangaká e dançarina em protestos. Também sou apaixonada por séries e admito que novelas são meu Guilty Pleasure. Apaixonada por comédias cult/pop/nerd, ainda pretendo fundar uma seita para os Adoradores de Arrested Development. Aqui no Mix sou editora de Realitys Show e escrevo as reviews de todos os realitys do mundo, como Masterchef BR, The X Factor UK e BR, The Voice US, AUS e BR, BBB e RuPauls Drag Race.

6 comments

Add yours
  1. Avatar
    João Victhor Sales 30 setembro, 2014 at 19:33 Responder

    Ótima review Let, conseguiu trazer o forte dessa premiere, que foi um estudo sobre as consequências que 3 personagens principais estão passando, Emily, Victoria e David e como eles vão lidar com o início, o fim e um novo início de uma vingança. Amei ver como Ems está após concluir a vingança da sua vida, era algo que me deixava curioso desde o início, como seria a vida dela após dedicar toda a sua vida em prol disso, mas acho que o desenvolvimento do episódio, deixando o climax e os momentos OMG pro final e essa superlotação de personagens irrelevantes acabou esfriando a trama. Foi bom, poderia ser melhor. Acho que essa temporada com um embate das duas deusas será tudo ou nada, mas só o futuro dirá. Notei essa felicidade que vc citou da Ems ao rever Vic, isso acende a chama que nutro em que Ems e Vic se unirão contra David, o verdadeiro vilão, em uma grandiosa última temporada ;D

  2. Avatar
    João Victhor Sales 30 setembro, 2014 at 19:33 Responder

    Ótima review Let, conseguiu trazer o forte dessa premiere, que foi um estudo sobre as consequências que 3 personagens principais estão passando, Emily, Victoria e David e como eles vão lidar com o início, o fim e um novo início de uma vingança. Amei ver como Ems está após concluir a vingança da sua vida, era algo que me deixava curioso desde o início, como seria a vida dela após dedicar toda a sua vida em prol disso, mas acho que o desenvolvimento do episódio, deixando o climax e os momentos OMG pro final e essa superlotação de personagens irrelevantes acabou esfriando a trama. Foi bom, poderia ser melhor. Acho que essa temporada com um embate das duas deusas será tudo ou nada, mas só o futuro dirá. Notei essa felicidade que vc citou da Ems ao rever Vic, isso acende a chama que nutro em que Ems e Vic se unirão contra David, o verdadeiro vilão, em uma grandiosa última temporada ;D

  3. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 30 setembro, 2014 at 23:08 Responder

    Essa de longe não foi a melhor premiere da série, eu esperava muito mais. Porém as cenas de Queen Vic salvaram o episódio como um todo e a cena dela fugindo do manicômio foi espetacular, e foi a partir desse momento que tudo começou a ficar ágil e ganhar fôlego, rendendo um final surpreendente. E já estou morrendo antecipadamente ao ver a promo do segundo episódio. Algo me diz que essa será a melhor temporada de Revenge, e espero não estar enganado com isso.

  4. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 30 setembro, 2014 at 23:08 Responder

    Essa de longe não foi a melhor premiere da série, eu esperava muito mais. Porém as cenas de Queen Vic salvaram o episódio como um todo e a cena dela fugindo do manicômio foi espetacular, e foi a partir desse momento que tudo começou a ficar ágil e ganhar fôlego, rendendo um final surpreendente. E já estou morrendo antecipadamente ao ver a promo do segundo episódio. Algo me diz que essa será a melhor temporada de Revenge, e espero não estar enganado com isso.

  5. Avatar
    Janyne Bib's 1 outubro, 2014 at 20:40 Responder

    agradeço por ter conseguido aguentar revenge todo esse tempo, pra ter a oportunidade de ver mainha Vic sair do sanatório do jeito mais diva possível.

    levantei e aplaudi!

    o resto do episódio… BORING!

    taca fogo nessa bagaça, vivi

  6. Avatar
    Janyne Bib's 1 outubro, 2014 at 20:40 Responder

    agradeço por ter conseguido aguentar revenge todo esse tempo, pra ter a oportunidade de ver mainha Vic sair do sanatório do jeito mais diva possível.

    levantei e aplaudi!

    o resto do episódio… BORING!

    taca fogo nessa bagaça, vivi

Post a new comment