Revenge – 4×18 – Clarity

revenge-4x18

Imagem: TV After Dark

 

Luz na passarela que lá vem ela…

Quatro anos, Emily, ou melhor, Amanda, esperou QUATRO ANOS para revelar seu segredo para o mundo, e preciso dizer que sim, foi na hora certa!

Continua após a publicidade

Clarity (aliás, que nome perfeito) foi um episódio cheio de excelência. Aqui vimos o melhor e o pior dos personagens, seus medos, seus desejos, seus arrependimentos, mas vamos por partes.

Victoria bem que tentou, mas não foi protagonista desse episódio. Presa no plot “ala médica Daniel Grayson”, ela viu todas as suas investidas de sair por cima indo por água abaixo. O que foi ótimo, já que ela estava munida dos sentimentos mais mesquinhos. Certeza que ela sabe que Emily não empurrou Margaux, mas prefere acreditar nessa mentira ridícula, porque isso dá um motivo para ela continuar sendo a bitch que sempre foi.

Já Margaux surpreendeu. Cansada de tantos embates e picuinhas, ela finalmente decretou fim a sua caça às bruxas. Sim, ela ainda está com uma nuvem de lágrimas sobre os seus olhos, mas cortou as asinhas do seu capanga sexy, e ameaçou Courtney Love – toda linda de assassina da Deep Web – que acredito que fará mais participações especiais.

Louise está cada vez mais do darkness devido à postura de Nolan, que mesmo abandonado pelo assistente social hot, continua fugindo do casamento.  Sabia que isso não daria certo por muito tempo. Ela quer uma família, mesmo que pelos motivos errados. Ele também quer, mas para um futuro longínquo, e só pelos motivos certos. Sem amor não dá!

De qualquer forma, é bom ver a evolução da personagem, que já perdeu o sorriso fácil e as roupas coloridas. O jeito que ela tratou Vic mostra que a ruivinha não é tão bobinha, e certeza que esse casamento não vai terminar do jeito que Nolan espera. Novamente, as mulheres estavam on fire, e a primeira Sra. Grayson tratou de defender Jack de mais um plano louco de Emily.

Sério, dessa vez não dava para seguir em frente, isso só prejudicaria Jack, e Emily ficaria ainda mais afundada em uma mar de mentiras. E o cansaço da nossa protagonista com todas essas histórias que ela carrega nas costas, foi o verdadeiro mote desse episódio. Cansada do fardo que carrega, ela quase falou a verdade sobre sua família na conversa com o irmão de Ben, e isso, misturado com as exigências de Victoria e de Stevie foram o estopim para o que estava por vir.

Pela promo já tínhamos uma ideia do que aconteceria, mas sério gente, qual de nós realmente acreditou que dessa vez era verdade? Mas foi, e como disse antes, foi na hora certa, e foi incrível.

Nesse episódio, vimos uma Emily cansada, envergonhada, arrependida com tudo que já fez, com as mortes que indiretamente provocou, com todas as dores que causou. Como disse Nolan, Emily Thorne é só vingança, foi para isso que ela viveu, foi para assinalar os rostos com a caneta vermelha, foi para vingar Amanda Clarke, foi para limpar o nome de David Clarke. Pronto, ela já fez tudo isso. Já se vingou de todas as formas, já até eliminou o verdadeiro vilão por traz do sumiço de David, o falecido Malcon Black. Ou seja, já estava na hora de Amanda enterrar de vez seu alter-ego.

E foi assim, da maneira mais simples do mundo, com a expressão cheia de coragem, ao lado do sempre fiel Jack, que Amanda fez justiça à Daniel, e revelou finalmente a sua verdadeira identidade. Igual a todos os outros personagens, que assistiram pela TV a confissão, eu fiquei de boca aberta, sentindo um misto de emoções entre alegria, alívio, aflição. Demorou, mas foi perfeito!

 

 

Só sei que disso tudo eu posso tirar uma conclusão, haters gonna hate, já que virou mania falar mal da série, mas Revenge ainda sabe destruir estruturas como ninguém!

OBS.: torcendo para que a série lance logo um workshop para ensinar outros dramas por aí como se samba de verdade.

Agora a série volta só dia 12 de abril, com vocês a promo do próximo episódio:

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Vs2eX4LqUsc[/youtube]

Tags Revenge
Letícia Bastos

Letícia Bastos

Publicitária, social media, mangaká e dançarina em protestos. Também sou apaixonada por séries e admito que novelas são meu Guilty Pleasure. Apaixonada por comédias cult/pop/nerd, ainda pretendo fundar uma seita para os Adoradores de Arrested Development. Aqui no Mix sou editora de Realitys Show e escrevo as reviews de todos os realitys do mundo, como Masterchef BR, The X Factor UK e BR, The Voice US, AUS e BR, BBB e RuPauls Drag Race.

3 comments

Add yours
  1. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 2 abril, 2015 at 08:00 Responder

    MELHOR EPISÓDIO DA SÉRIE, MELHOR REVIEW ESCRITA POR VOCÊ!!!
    Fiquei no chão com o final desse episódio, e foi tudo PERFEITO!
    Aos haters de plantão, CHOREM SANGUE, pois Revenge pode ter seus deslizes, mas sempre consegue nos surpreender quando menos se espera. Palmas para esse episódio espetacular, Emily VanCamp nunca esteve tão impecável, e apesar dela ter uma carreira ainda longa pela frente, com certeza Emily Thorne é e sempre será a mais marcante. Sambada de ouro.

  2. Caroline Marques
    Caroline Marques 2 abril, 2015 at 09:39 Responder

    Concordo com o sambismo todo, mas o que eu mais gostei foi da rasteira na aMARGOrada! Eitcha que aplaudi essa de pé viu <3 Ótimo texto Let

Post a new comment