Ringue Mix: a eterna treta entre vampiros e lobisomens

MIX-RINGE-TVD-TEEN-WOLF

 

De um lado temos vampiros. Do outro lobisomens. Um duelo perigoso de dois seres sobrenaturais muito fortes e que têm o público adolescente como maior (e mesmo) ponto fraco. Por mais que os envolvidos nessa treta jurem com três J que não aproveitaram a onda Crepúsculo, ah!, aproveitaram sim. Aproveitaram tão bem ao ponto de quase nascerem na mesma época.

Lá em 2008, a meninada estava dividida entre Edward Cullen e Jacob Black em uma saga que alimentava fortemente o imaginário das fãs. Inclusive, que fincou a ideia de que um triângulo amoroso é a coisa mais linda e perfeita do mundo. Nada como ser humana e disputada por dois seres sobrenaturais, certo Meyer?

Continua após a publicidade

Crepúsculo ferveu o mercado nesse gênero e é fato que os grandes estúdios viram a chance de lucro ao alimentar o público adolescente com mais histórias sobrenaturais no mesmo estilo. Com esse caminho sedimentado pela saga de Meyer, meio mundo iniciou as próprias pesquisas à procura de novos hits que caminhassem junto com Bella Swan. Julie Plec e Kevin Williamson viajaram até 1991, época em que os livros de The Vampire Diaries começaram a ser publicados. Jeff Davis foi ainda mais longe, aparatando em 1985, onde encontrou o insight perfeito no longa Teen Wolf.

Com essas informações em mãos, os produtores tiveram que responder uma grande questão: como tornar esses materiais do século 20 em hits do século 21?

 

De um lado do ringue…

The Vampire Diaries
7 Temporadas (2009-)
Até então 117 episódios
Criado por: Kevin Williamson e Julie Plec

TVDThe Vampire Diaries foi a série mais fiel a proposta de Crepúsculo, inspirada nos livros de L.J. Smith. Quem já amava Bella, facilmente amaria Elena Gilbert, e isso foi concretizado com sucesso. O triângulo amoroso foi fundamental para interessar os fãs que logo se renderam à disputa de Stefan e Damon Salvatore, irmãos vampiros que retornam para a misteriosa Mystic Falls, pela humana. De início, e entre mitologias, a protagonista tinha que decidir com quem ficar.

 

…Do outro lado do ringue

Teen Wolf
Temporadas: 5 (2011-)
Até então 70 episódios
Criado por: Jeff Davis

TWDois anos depois, Teen Wolf veio no encalço de TVD. A série é inspirada no longa de mesmo nome, de 1985. O pontapé é a transição de Scott McCall, o protagonista, da vida humana para a sobrenatural. No caso, ser um lobisomem ao mesmo tempo em que lida com os dramas da adolescência. Essa foi a cartada da MTV para virar uma emissora referência não só na música, mas em produção seriada – já que sempre investiu em reality shows.

 

 

fight-300x169

Ambas se tornaram febre entre os adolescentes, mesmo com premissas completamente diferentes. Teen Wolf aguentou por certo tempo as comparações com The Vampire Diaries, que logo cessaram pela obviedade de uma não ter nada a ver com a outra. Enquanto uns acompanhavam a chama do triângulo crescer gradativamente, outros viam a adolescência de Scott virar de ponta cabeça.

Espanando tudo isso, é possível ver que temos uma briga entre amor e amizade no mundo sobrenatural. Afinal, TVD afinou por anos a briga de Stefan e de Damon por Elena enquanto Scott teve que batalhar para ser ele mesmo, independente do benefício de ser lobisomem, e manter os amigos que se tornaram membros do seu bando.

Uma briga que percorre a mitologia de cada uma. Um ponto positivo que vai sem pestanejar para Teen Wolf que, apesar das temporadas mais fracas, nunca perdeu o foco de que a trama vale mais que qualquer romance. Uma forma infalível de engajar os fãs que veem as histórias crescerem ao mesmo tempo em que relações são estreitadas. Principalmente as românticas.

TVD até manteve esse ritmo, a mitologia de mão dada com o romance, mas só foi a S4 chegar que o foco total no relacionamento romântico deixou em 2º plano conflito, ação e vilão. Sem contar que parte do fandom da série ajudou a deteriorar a magia que outrora havia em Mystic Falls, pois passou a exigir só casais – e os escritores ouviram.

TW também ganha pontos por não ter se esquecido, em nenhum momento, que seus personagens são adolescentes. Isso quer dizer que há outros dramas nesse cotidiano, como, por exemplo, os sentimentos de inferioridade que tanto abalam essa fase da vida. Já TVD, ela estreou como uma série adolescente também, mas, com o tempo, os personagens perderam suas características principais e até mesmo a própria linha do tempo para serem marginalizados pelo romance. Atrelado a isso, há o saldo negativo da ausência dos pais enquanto Teen Wolf reconhece que eles são fundamentais.

Outros detalhes: em TVD a escola só sobreviveu por 3 anos enquanto em TW ela é o palco da ação. Em TVD houve muita perda da essência da série, aka mitologia, por causa do triângulo e TW ainda mantém sua assinatura quanto a storylines.

Resumindo: a série da MTV nunca excluiu do seu cerne que lida com personagens que começaram com 15 anos e que agora estão com 17. Há o romance, mas nenhum personagem fica só em função desse tópico. Sim, TVD nasceu com a artéria romântica bombando a todo vapor, o elemento-chave, mas, até a S4, os personagens nunca afetaram o amor e contribuíam para tornar as relações afetivas ainda mais fortes. Agora não mais.

Depois da S4, as tramas de Elena e Cia. perderam o controle e começaram a ser superficiais. Foram muito fragmentadas para dar atenção a uma coisa só. O romance venceu sobre enredo, e a série começou a capengar até a S6. Até o presente momento, se nota a dificuldade da série em engatar conflito dentro de uma nova mitologia, se apoiando no mesmo ciclo vicioso de ter uma pedra mágica e de ter uma porta para trazer personagens do além. TVD simplesmente deixou de arriscar e era justamente isso que a tornava tão incrível e fascinante. Quase 7 anos depois, a vampirada, que deixava geral de queixo caído, se tornou cômoda e previsível.

Jeff ainda tem certo tato com relação a Teen Wolf, embora decepcione, mas penso que não tanto quanto Plec, Dries e Cia.. Ele não deixa que nada na trama seja repetitivo. Toda temporada há uma mitologia nova, o ponto forte e ao mesmo tempo fraco desse gênero. Ele ainda arrisca mesmo que haja falhas, algo que TVD tem recuado desde que Klaus saiu de cena. A série da MTV ainda se importa mais com o contexto, pois é nele que os personagens evoluem para uma nova fase. Algo que deixou de acontecer em TVD depois da S3.

O pecado maior vem no quesito protagonista. Se o principal é um porre, obviamente que qualquer série, livro e filme será um saco. Elena deixou de ser a heroína, com vontade própria, que corria atrás do prejuízo para ser fraca diante do seu vampirismo. Os escritores de TVD enfraqueceram e retrocederam uma personagem que nem chegou perto de saber qual era o seu papel no mundo sobrenatural. Só amar os Salvatore? Claramente que não, mas, para os escritores, era só para isso que ela servia. Por essas e outras que Gilbert se tornou insuportável, pois protagonismo é muito mais que ser uma ponta do triângulo. Com o tempo, ela não valia mais a torcida. Como lidar?

Ao contrário de Scott que é divertido e evolui a cada temporada. Ele se torna um Alfa e lidera a bagunça toda com seu apelo desengonçado de adolescente. Elena só girou em função dos Salvatore. Sim, ela teve ótimos momentos, quando chegou perto de ser caçadora como Ric por exemplo, mas morreu aí. McCall faz a diferença como lobisomem enquanto Gilbert parou no tempo ao ser vampira.

Scott conquista seu bando formado por amigos leais, que participam de cada problemática, sem se esquecer da outra fórmula que segura o público: o romance. TVD chegou a fazer um ótimo serviço nesse quesito, vide o que aconteceu com Caroline e Tyler que foram transformados em um timing perfeito, tiveram que lidar com suas transformações e se apaixonaram. Uma empreitada que morreu em Mystic Falls e nunca mais retornou, porque vários relacionamentos deixaram de ser sólidos.

Uma das coisas que faz uma série adolescente começar a decair é quando começam a escolher o caminho mais fácil para resoluções. TVD caiu nesse pecado e não está conseguindo se erguer – embora na S7 dá para sentir melhoras. Os fãs gostam que desliguem a humanidade? Então, desliga! Povo ama Katherine (e a audiência está baixa)? Traz ela de volta. Povo sofre com morte de personagem? Então, mataremos todos, mas depois criamos um portal e traremos de volta aqueles que mais amam. Isso meio que roubou a expectativa e a dor que também eram elementos-chave da turma de Mystic Falls.

Vale até mencionar que TW consegue contrabalancear a quantidade de personagens por plot, dando importância para cada transformação, como aconteceu com Lydia. Elena contou com vários nada.

Fato é que TVD se tornou frustrante com o passar dos anos justamente por causa da dependência de uma artéria que um dia foi essencial para a série. O amor desgastado dissolveu as características mitológicas que estão presentes apenas em The Originals. Em contrapartida, TW continua fiel ao seu modelo, especialmente a amizade entre os componentes do bando misturada com problemáticas fora do antro sobrenatural.

 

E o vencedor é…

Eis aqui outra decisão complicada. Se me perguntassem isso ao longo da S3 de TVD, responderia TVD sem sombra de dúvidas. Não tem como esquecer da perfeição que foi o desenvolvimento da storyline dos Mikaelson, Katherine, o equilíbrio que havia entre conflito e romance, e as mortes que rendiam semanas de choro livre. Há também a superioridade de edição que faz a vampirada ter pontos positivos contra os lobisomens. Contudo, nessa briga há mais fatores que favorecem a turma da MTV. Especialmente desenvolvimento de personagens. Como dizem, o tempo ensina, e Elena e Cia. pararam de aprender.

Por mais que Teen Wolf seja uma série curta, dou a vitória a ela principalmente por não ter se deixado influenciar como aconteceu com The Vampire Diaries. Ver isso acontecer foi o que mais me desanimou com a vampirada. Além disso, o hit da MTV ainda se preocupa em transmitir uma mensagem, outra perda vista em TVD. TW começou tímida e tem se fortalecido desde a S4, ao contrário de TVD que só decai. Sendo que não deveria, pois a turma de Mystic Falls sempre foi talentosa, mas foi silenciada pelo buzz das guerras de shipper.

Vale até dizer que Teen Wolf ainda mantém um apelo que sempre funciona: sobrenatural vs. humanos. A série não tornou seu elenco imbatível, justamente porque todos são adolescentes. E isso faz qualquer um temer pelos envolvidos, porque Jeff deixa claro que, lobisomem ou não, vidas são frágeis.

Outra questão que salva Teen Wolf é que TVD perdeu seu maior ponto forte: a mitologia. Não só isso, como a capacidade de criar um vilão. Klaus continua insuperável, o mais próximo dele foi Kai, mas a dificuldade de entrelaçar esses dois quesitos continua a ser a maior dificuldade da série da CW – sendo que, ironicamente, nunca foi e sambava fácil em TW que demorou um pouco para encontrar sua fórmula.

Já TW não abre mão da mitologia. É a razão que faz a série respirar. Como o peso da amizade. Como a rotina escolar. Como o romance. Como as decepções. Como os pais. Como os vilões. Tudo isso é precioso para Scott e Cia..

 

KO-Teen-WOLF

Amores vêm e vão, mas amizades são para sempre. Fatos reais. Troca-se fácil a frustração de The Vampire Diaries pelo divertimento vívido em Teen Wolf.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

4 comments

Add yours
  1. Avatar
    Fernanda Azevedo 22 novembro, 2015 at 17:39 Responder

    Nossa, acho Teen Wolf muuuuuuito chato! Não que TVD tbm não tenha tido seus altos e baixos, mas a história é bem melhor! haha =)

    • Avatar
      Stefs Lima 25 novembro, 2015 at 12:56 Responder

      TW demora um bocado pra engatar. Fui envolvida mesmo lá no meio da 2ª temporada e a série só tem crescido. Dê mais uma chance, pfvr hahahahaah

Post a new comment