RuPaul's Drag Race – 7×07 – Snatch Game

Um dos episódios mar esperados de RuPaul’s Drag Race foi a rodada da vez, e foi uma volta primorosa para uma temporada morna como esta.

Para quem não acompanha, o Snatch Game é a versão drag queen do Match Game (popularizado por Silvio Santos aqui no Brasil como O Jogo dos Pontinhos). As participante escolhem celebridades que querem representar, e usam dos trejeitos do homenageado para brincar com Ru e seus convidados.

 

Continua após a publicidade

Acorda criançada tá na hora da gente brincar. OBA””

 

Nestas sete temporadas, já passaram pela programa Lady Gaga, Cher, Judge Judy, Maggie Smith, Little Edie Beale, Tyra Banks e até mesmo cópias de RuPaul e Michelle Visage.

Mas o que este ano tem de especial? Em uma temporada com poucas favoritas ao prêmio, as candidatas foram com idealizações de quem interpretar no Snatch Game, mas a vida é uma caixinha de surpresas e alguém pode roubar suas ideias.

Maxi Challenge

Essa semana, em virtude do Snatch Game, não tivemos mini-challenge. O jogo foi o foco e exigiu uma grande parcela de tempo para a preparação. Então, eis as celebridades retratadas neste ano:

Violet como Alyssa Edwards: Violet tem sido a participante mais perseguida deste ano por conta do seu jeito introvertido e falta de relacionamento com as demais, e neste episódio ela teve a oportunidade de afiar as unhas. De última hora – por intervenção de RuPaul – Violet desistiu de interpretar Donatella Versace para dar vida à ex-participante Alyssa Edwards. O resultado final foi melhor do que o esperado, e ela foi um dos destaques do jogo.

Miss Fame como Donatella Versace: mesmo depois de ceder sua personagem para Violet, Miss Fame voltou atrás e reafirmou-se como a estilista Donatella Versace. No final das contas, sua imitação não impressionou. Comédia definitivamente não é o forte de Fame, e mesmo com seu bom gosto para a passarela, começo a me questionar se realmente ela tem todos os requisitos para ser a America’s Next Drag Superstar.

 

Bang!

 

 

Xiii…

 

Kennedy Davenport como Little Richard: Depois da galinha-égua-zumbi, os olhares estavam voltados para Kennedy Davenport, e todos esperavam mais um fracasso dela. Ao dizer que faria o cantor Little Richard, fez todas se questionaram da sua decisão, mas Kennedy conseguiu impressionar a todos com uma imitação impecável, e sem perder o brilho de ser drag queen. Um exemplo de que arriscar as vezes é bom.

Ginger Minj como Adele: Ao contrário de Miss Fame, Ginger Minj respira comédia e o Snatch Game seria um prato cheio para ela. A queen escolheu a cantora Adele, e – assim como Little Richard – pode ter sido uma escolha arriscada, já que Adele não tem pontos cômicos a se explorar. Ginger conseguiu canalizar a comédia e criar uma sátira de Adele. Não a toa – e para surpresa de todos – dividiu o primeiro lugar da semana com Kennedy Davenport.

Max como Sharon Needles: Max fez uma escolha que se aproxima do perfil que vem apresentando, mas não foi nada mais que um ponto estático em todo jogo. Max, de todas as participantes que passaram pelo jogo, é quase que um alienígena no mundo do drag. Até mesmo Sharon Needles, Alaska e Raja – participantes bem atípicas – contribuíram com seu diferencial, mas Max não consegue, de forma alguma, “sair da caixa”. O bottom two – como previsto por Kennedy – foi a forma compulsória de fazê-la sair do reducionismo.

Jaidynn Diore Fierce como Raven Symoné: Jaidynn provavelmente, mesmo com a tradição do Snatch Game dentro de RuPaul’s Drag Race, não capitou muito bem o objetivo do jogo. Ela escolheu Raven Symoné, mas na hora de interpretar, levou para o jogo a personagem da personagem, ou seja Raven Baxter, de That’s So Raven. O resultado não foi outro: bottom two (e uma “resposta” polêmica de Raven Symoné).

 

TIVE UMA VISÃO! Você está na berlinda

 

Katya como Suze Orman: para quem não conhece, Suze Orman é uma consultora financeira, que já escreveu diversos livros e produziu programas voltados para a área das finanças. Katya, ao contrário de Max, fugiu um pouco do seu “tipismo”, mas o medo a segurou um ponto. O seu ponto alto neste episódio foi a partilha que teve com Miss Fame sobre os vícios que enfrentou.

Pearl como Big Ang: também não muito conhecida na mídia internacional, Big Ang é uma personalidade de reality show, conhecida por seus seios fartos. Pearl conseguiu arrancar algumas risadas, mas não o suficiente para ser um destaque neste episódio. No entanto, sua melhorada em relação ao início da temporada é latente.

 

E mais peitos

 

A passarela completou o desafio, mas não mudou muito a opinião dos jurados – e de RuPaul – sobre o desafio da semana. Kennedy e Ginger Minj foram as melhores no somatório geral, e Jaidynn Diore Fierce e Max tiveram performances dignas de eliminação.
Lipsync For Your Life

 

RPDR 7x07

 

Jaidynn Diore Fierce e Max tiveram de dar tudo de si ao som de “No More Lies”, da cantora Michel’le – sem Dubsmash. Enquanto a irmã distante de Beyoncé foi bastante enérgica, Max – como tem sido em toda temporada – mostrou-se muito regular, quase que apagável. Jaidynn Diore Fierce foi a vencedora, mas deve abrir o olho, porque “um é pouco, dois é bom, mas três é DEMAIS!”.

 

Foi tarde

 

A bomba veio logo no final: RuPaul anunciou o retorno de uma das eliminadas, para dar um pouco de desespero para as corredoras. Quem merece voltar à corrida?

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours