Sandy e Júnior chega ao Globoplay com nostalgia que marcou uma geração

Não é só o retorno da dupla Sandy e Junior que está movimentando as redes nos últimos dias. Depois do anúncio nas últimas semanas, tudo que envolve a dupla tem repercutido nas mídias. Com o universo das séries não poderia ser diferente. Aos mais nostálgicos, a Globoplay promoveu um retorno tão esperado por muitos. Já não é de hoje que vinha buscando rever os episódios dessa saga tão nostálgica. O gostinho de infância está cada vez mais perto, com seus 175 episódios de 1999 a 2002!

Continua após as recomendações

O seriado contava com nomes que marcaram a geração teen do início do século XX. Fernanda Paes Leme e Paulinho Vilhena estão entre os muitos atores que passaram e deixaram marca no seriado. O trabalho foi a segunda marca da dupla nas telas. Primeiro, eles participaram do clássico cinematográfico O Noviço Rebelde, ao lado de Renato Aragão. Já fica aqui uma grande dica aos fãs da dupla que ainda não conhecem o trabalho, se é que há alguém que não viu esse filme.

Imagem: Globo/Divulgação

Continua após a publicidade

As canções que mais marcaram o Brasil!

Mas voltando à série, suas quatro temporadas estão disponíveis aos assinantes da plataforma de streaming da Globo. Não sei bem o que chama mais atenção nesse retorno. Quem não se lembra bem, a série tem uma pegada Malhação, contudo, com suas particularidades. Sandy e Junior cantavam em quase todo episódio. Além disso, a trama ia um pouco mais leve que a novela teen. Nos bastidores, tudo parece que corria bem. O elenco tinha uma química muito boa e as cenas fluíam dentro do esperado. Nada de falas rebuscadas e tramas misteriosas. A série soube bem trazer a leveza de um dos anos mais cabulosos da vida de qualquer um: a adolescência.

Toda a meiguice que vemos em Sandy está gritando por meio dos episódios. Além de alavancar e dar destaque a dupla que já conquistava o Brasil, o seriado teve uma missão de revelar novos talentos musicais para o país. Muitas foram as bandas que se apresentaram durante a série e tiveram certo destaque, mesmo que por um breve tempo, no campo nacional. A vertente musical é inegável e um dos pontos cruciais que colocavam a identidade na série. Além disso, a evolução e o amadurecimento dos atores sobre os personagens. A série consegue abordar bem a transição escola/faculdade e vemos bem como houve uma mudança geral.

Um final que ainda deixa saudades…

Durante a terceira temporada, já em 2001, Sandy é convidada a estrelar a novela Estrela Guia e faz de tudo para conciliar as gravações. Junior também tem sua participação especial na novela e, assim como hoje, tudo que mencionava a dupla era certeza de sucesso. Ao final da série, nos restou as saudades. Mas, logo em seguida, a dupla trouxe um dos filmes que mais marcaram a minha infância: Acquaria. Ainda ficava toda a saudade de vê-los quase semanalmente nas telinhas e, por muito tempo, permanecemos assim.

Mudaram em aparência, entretanto, o retorno aos palcos mostra que a essência nunca acabou. A dupla sempre teve seu jeito leve e divertido de encarar a vida e levar cultura em forma de música. Também, com um pai e tio que criaram o verdadeiro Hino Nacional Brasileiro – Evidências – não poderíamos esperar nada diferente. Aos mais nostálgicos, a maratona já pode começar. Os episódios não possuem previsão de sair da Globoplay tão cedo, afinal, a dupla está em um novo auge. Aguardo vocês com o feedback desse grande retorno. Um abraço e até breve.

Sandy e Junior10
10

Nenhum comentário

Adicione o seu