Scandal comemora o seu 100º episódio revigorada; mas seria hora de parar?

Imagem: ABC

Continua após as recomendações

Logo mais, Scandal alcançará sua marca de 100 episódios. Sim, não é qualquer série atualmente que consegue chegar a esta marca, principalmente em tempos as quais temporadas mais curtas são desenvolvidas na era do Streaming, para as pessoas que querem diversificar o leque de séries assistidas, mais e mais.

Continua após a publicidade

O segundo drama de Shonda Rhimes, após Grey’s Anatomy, que conquistou um lugar importante nas noites de quinta da ABC, teve altos e baixos nesta caminhada. Claro, ela começou com tudo e viu-se espetacular em sua segunda temporada – que não lembra daquele episódio espetacular em que o Presidente é baleado? – repetindo o mesmo fôlego na terceira. Porém, desde a quarta, a série vem dando sinais de desgastes.

Seja pela histórias que começaram a cair em uma zona de conforto, ou pela insistência de abordar um jogo entre Olívia e Fitz que não ia à lugar algum, a série chegou a cansar os espectadores. Tudo bem que, desde a metade final da quinta temporada, ela conseguiu dar a volta por cima com a trama da corrida presidencial, dando destaque para que Mellie Grant se tornasse o centro das atenções no lugar de Fitz.

100 episódios depois, Scandal vem fazendo uma sexta temporada revigorada, sem dúvidas. Reinventou-se em sua narrativa, inseriu plot twists inesperados, e tem tudo para terminar a sua corrida atual de forma convincente e orgulhosa. Mas até quando isso vai durar?

Os sinais de desgastes… Sim, eles ainda existem!

Mesmo com uma sexta temporada melhor que seus dois últimos anos, Scandal ainda está sem fôlego. A própria Shonda Rhimes reconheceu isso, e viu que uma temporada com menos episódios seria melhor – apesar da gravidez de Kerry Washington ter tido uma parcela de culpa nessa redução. Porém, percebemos que a proposta inicial da série vem patinando entre histórias que parecem ser jogadas ao espectador a cada temporada.

Scandal já foi de procedural à drama jurídico. De drama romântico à política. Você pode achar isso uma qualidade, mas vejo isso como uma forma de tentar cobrir a carência de um objetivo ou um plano para onde ir.

Sem dúvidas, esse é um texto em que faço para comemorar o 100º episódio – que mostrará uma realidade alternativa, se Olivia não tivesse topado a realização de Defiance. Interessante abordagem, diga-se de passagem, mas apenas mais um episódio que não interferirá na cronologia da série. Algo como Grey’s Anatomy fez com o episódio “If/Then”. São episódios assim que ressaltam, ainda mais, as características de personagens tão fortes criados para esse show. Aliás, preciso parabenizar por incluir na galeria de personagens mulheres fortes, destemidas, e diversificadas. Foram 100 episódios reafirmando essas figuras, que merecem nossos parabéns.

Mas a marca serve de alerta aos produtores para que, talvez, fosse hora de traçar um rumo definitivo para o show. Uma linha de chegada à ser vista e alcançada. Porque, honestamente, nem a série – muito menos o público, tem fôlego para mais 100 episódios.

Portanto, parabéns Scandal por essa conquista. E que daqui em diante, a série consiga achar seu rumo definitivo, para um final não tão distante e que seja satisfatório para todos os seus gladiadores!

Tags Scandal
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

2 comments

Add yours
  1. Avatar
    Juk 13 abril, 2017 at 15:19 Responder

    se vc fizesse esse post na temporada passada eu diria com toda certeza que está sim na hora de parar, mas agora não. essa temporada está muito boa e eu ainda não estou pronta pra deixar essa série ir.

  2. Avatar
    Cleber Segundo 16 abril, 2017 at 20:03 Responder

    Infelizmente este episodio o (100º) é para jogar fora. No resto a temporada está até bem melhor que as duas ultimas.

Post a new comment