Scott Foley fala sobre futuro do seu personagem em Scandal

Imagem: Scandal Wikipedia

Quando Scandal voltar nesta quinta-feira (09), após duas semanas de volta, a série pretende focar num casal que já teve muito espaço na temporada anterior, mas em razão das eleições ficou de lado – o Sr. e a Sra. Ballard, interpretados por Scott Foley e Jessalyn Gilsig respectivamente.

“Jake está numa posição muito complicada,” revela Scott Foley em entrevista a TV Line. “Ele está morando numa casa com uma mulher que ele não ama – provavelmente ele sequer gosta dela, para ser honesto – mas ele compreende a situação dela, assim como qualquer um. Se você está num relacionamento com alguém e você não quer estar lá, mas na verdade deseja, é realmente muito difícil. Eu penso que ele se sente muito mal por isso. Mas nesse mesmo momento, ela é apenas um peão no jogo de xadrez,” completa.

Continua após a publicidade

O ator, entretanto, continua muito empolgado em dividir a cena com Jessalyn Gilsig, que entrou na sexta temporada da série para substituir Joelle Carter, responsável pela personagem até então que decidiu seguir outra oportunidades em Chicago Justice. “Jessalyn arrasou,” diz Foley. “É uma posição muito difícil interpretar uma personagem que já estava estabilizada, mas ela faz um trabalho muito bom. O seu coração se abre pra ela, mas ao mesmo tempo, você fica pensa, ‘O que diabos você esta fazendo?’ Eu realmente gosto da sua performance”.

Quanto a Olivia, o ator confessa que acredita que ainda é possível….em algum momento. “Ainda há muita água para passar por esta ponte, muitas coisas ruins foram reveladas, muitas pessoas se machucaram. Entretanto, eu penso que a pessoa que Jake é hoje, seu passado e a vida que ele viveu, eu acredito que ele acredita que tudo continua OK – isso não é algo que simplesmente se joga para baixo do tapete. Porque quem ele é e quem ela é, eles estarão OK com isso.”.

Ainda não há previsão de estreia da nova temporada no Brasil pelo Canal Sony.

Fonte: TV Line

Tags Scandal
Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours