Scream – 1×01 – Red Roses

scream-1x01

Imagem: Arquivo pessoal

Continua após as recomendações

 

Depois de tanto esperar, a MTV finalmente estreou Scream, adaptação para TV dos thrillers de sucesso homônimos do cinema entre os anos 90 e 2000. A atração estreou com algumas referências ao primeiro filme Pânico, com adaptação à tecnologia dos dias atuais. No lugar de ligações com jogos psicóticos, o nosso novo ghostface optou por utilizar torpedo como forma de torturar sua primeira vítima. Nina já se mostrou logo nos instantes iniciais ser uma bitch de primeira, assim merecendo mais que nunca ser esfaqueada pelo assassino.

Continua após a publicidade

O acontecimento na cidade de Lakewood acaba ocorrendo coincidentemente após um vídeo viral da jovem Audrey, aos beijos com outra garota, estourar na internet. A Sidney Prescott da vez se chama Emma, e tudo sobre ela e seu grupo de amigos soou a princípio como uma cópia meio que mal feita ao grupo de jovens do primeiro longa, mas no desenvolver do episódio dá para ver que as coisas não são totalmente semelhantes assim. A protagonista de primeiro instante é bastante sem sal, com um namorado mais sonso ainda. O que é aquele Will? Já peguei ódio dele logo de cara. Brooke é outra insuportável que já torço logo por sua morte.

Se o início dos massacres do Woodsboro teve ligação com um evento ocorrido no passado, em Lakewood as coisas não são diferentes, e que podem estar mais ligados à Emma do que a própria jovem possa imaginar. Estou realmente interessado em acompanhar o desenvolvimento desse plot, pois com certeza será a partir dele que a identidade do novo assassino será revelada.

Apesar das semelhanças, não acredito que Scream, a pessoa por trás da nova e assustadora máscara, possa ser o namorado da protagonista, como no cinema. Os roteiristas conseguiram jogar um ar de desconfiança para cima de Will, e logo em seguida, também para Seth, que promete conquistar a jovem, apesar de seu jeito sombrio e misterioso. Essa fórmula foi usada há quase vinte anos atrás, e por mais que a história e o roteiro sejam clichês, isso já ultrapassa da previsibilidade.

Sobre Audrey? A garota nerd, fora dos “padrões da escola norte americana”, e que foi exposta pelos amigos de sua ex-melhor amiga, já se tornou uma das minhas favoritas. É incrível a química dela com Emma, mas era evidente que as duas não se reaproximariam de cara, e com certeza isso possa levar um tempo para acontecer. Por diversos momentos eu cheguei a pensar que a jovem possa sim ser uma das suspeitas, e se pararmos para pensar não seria uma grande surpresa.

Scream veio com o intuito de conquistar uma nova geração, algo que o quarto e último filme da franquia tentou e acabou não conseguindo. Talvez seja melhor para que isso tenha êxito, de desenvolverem uma identidade própria, e quem sabe com a ideia de um ou no máximo dois assassinatos por semana, assim desenrolando o mistério sobre o novo ghostface. A aposta no novo também se diz ao grande segredo da série. O enredo não foi atropelado, e sem muita apelação por assassinatos. A morte de Nina foi o pontapé inicial, e o psicopata mascarado ainda apareceu de forma tímida, fazendo com que o piloto servisse mais para nos apresentar à história e aos personagens. Ah sim, que o elenco possa melhorar a atuação, porque pelamor.

O que acharam do piloto? Eu gostei, e foi até um pouco além das minhas expectativas.

PS: Não shippo Emma nem com Seth, e muito menos com Will. Na minha humilde opinião, Audrey é a pessoa ideal para a protagonista.

Até a próxima semana!

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=b_vb_rvOxQk[/youtube]

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

1 comment

Add yours
  1. Izabella Viana
    Izabella Viana 5 julho, 2015 at 22:06 Responder

    Amei tuuuuudo nesse piloto! Descobri que adoro esse gênero clichê de filme de terror. Fora o sentimento nostálgico da infância de tanto ver os filmes do Pânico. Fiquei muito empolgada com a série. Ótima resenha, Duh!

Post a new comment