Scream – 2×07 – Let The Right One In

Scream-2x07

Imagem: Arquivo Pessoal

 

Com o término do episódio passado, pensei que Scream essa semana viesse com tudo, mas não foi o que eu vi. Pra começar, não sei quem é mais desnecessário ali na história, se é o Xerife ou Maggie, porque olha… não acrescentaram em nada, e podiam aparecer cada vez menos, só acho.

A aproximação entre Emma e Eli era algo que já estava previsível desde o aniversário de Kieran, e eu gostei de vê-los juntos. Apesar disso, não vejo algo para shippar, pois como disse nas reviews passadas, vamos ficar de olho no garoto, ainda mais depois de como o episódio começou. É claro que todas as atitudes do adolescente seja realmente para ter esse intuito, de desconfiarmos dele, ou talvez no final das contas ele seja apenas problemático mesmo, mas não é motivo para ser deixado de lado, muito pelo contrário.

Continua após a publicidade

Peguei uma birra tão grande da professora Lang, que achei a sequência dela sendo perseguida pelo assassino bem meia boca, tirando as partes em que a personagem deu uns bons contra ataques. Mesmo assim, temos que ficar atentos a um detalhe, o porquinho andando pelo corredor do colégio, antes do encontro entre os dois. Novamente o animal aparecendo na série, e é a partir disso que reafirmo a hipótese de um dos assassinos ser o pai de Emma, já que as lembranças da infância dela voltaram a ser assunto, e está totalmente ligado à infância dela. Ao ver que a filha está sendo investigada pela psicóloga, é claro que possa ser sua forma de tirá-la do caminho. Aliás, eu digo mais, se vocês acham que a personagem morreu, apenas pare. Ainda veremos mais dela, com certeza.

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo pessoal

Outra coisa que gostei muito nesse episódio mediano foi o momento só entre Audrey e Brooke, e já quero por mais momentos entre elas daqui pra frente, pois funcionou demais essa química. Com a mensagem do ghostface, pensei que a morena tentaria agir de outra maneira para despistar a amiga, mas ela acabou errando feio em levando-a junto consigo até o colégio. Por um momento fiquei com receio do vídeo de Jake morto chegar às mãos de Brooke, mas ainda não foi dessa vez que isso aconteceu.

Agora vamos falar sobre essa menina Zoe, que chegou conquistando todo mundo, mas que nos trouxe um verdadeiro banho de água fria. Digamos que esse episódio foi a sua grande reviravolta, mas não a ponto dela ser a assassina, porém trabalhando para o mascarado, isso é bem provável. Talvez ela e Audrey têm muito em comum, além das atenções de Noah, e com certeza a garota pode estar relacionada em algo envolvendo o psicopata. Anotem, vai ser através dela que Emma descobrirá que foi sua amiga quem trouxe Piper a Lakewood e isso vai dar ruim.

Branson é a prova clara daquele ditado, que “vaso ruim não quebra fácil”. Ele teve sua mão amputada, foi friamente torturado pelo ghostface, levou apunhalada antes do assassino atacar Lang, e mesmo assim ele não morreu? Esse sim podemos dizer que é um verdadeiro guerreiro. Só que até quando ele vai driblar a morte? Façam suas apostas.

 

PS: Ri demais com a vovó avulsa puxando assunto com Noah na farmácia, na hora que ele foi comprar camisinha.

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=o8Si2K3JJPs[/youtube]

Tags Scream
Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours