Scream Queens 1×06 – Seven Minutes in Hell

sq-6

Imagem: Fan Bolt

Continua após as recomendações

 

Vou confessar,haters gonna hate, mas eu adorei esse episódio de Scream Queens!

Continua após a publicidade

A série é trash sim, é bizarra sim, tem personagens rasos e fúteis – alguns que servem apenas para morrer mesmo, tem cenas que nos fazem questionar nossa inteligência sim, mas está aí a beleza da série. De novo gente, SCREAM QUEENS NÃO É PARA SER LEVADA A SÉRIO!

O que tem mais me incomodado por aí são pessoas reclamando da série, dizendo que o roteiro é fraco e os outros mimimis, mas gente sabe, o seguinte, não gostaram da proposta da série, apenas não vejam. Eu estou achando o roteiro bem trabalhado, e apesar de me irritar um pouco com o fato do plot final de cada episódio nunca continuar no início do próximo, por enquanto a série tem funcionado bastante pra mim.

Nesse episódio tivemos três mortes – um saldo muito maior do que os últimos episódios hein, nenhuma realmente relevante (quem sabe apenas a de Sam), mas todas bem doloridas. Depois da eleição que uniu Chanel e Zayday na presidência, Grace e sua amiga resolvem fazer uma festa do pijama para descobrir os segredos das outras meninas. Mas mal sabiam elas que nós e as outras Chanels já sabíamos qual era o plano da Chanel verdadeira para dividir a presidência, não ficar tão em foco e se livrar da mira do assassino. É sim um bom plano, e mostra de novo o quanto Chanel é a maior bitch do mundo das séries.

Na festa do pijama, as coisas acabam partindo para uma brincadeira da garrafa só entre as meninas, onde o único segredo que realmente descobrimos foi que Chanel nº3 queria sim dar uns pegas em Sam. O problema é que Sam acaba revelando que Chanel nº 3 é filha de Charles Manson, e leva uma punição tensa, ficar na banheira para pensar. É lógico que aquilo não daria certo e Red Devil foi visitar a moça. Adorei que ela pediu para ver quem estava atrás da máscara antes de morrer, e como assim ela já sabia quem era né? Fiquei curiosa.

Os meninos souberam da festa e resolveram invadir a casa, que estava trancada pelo assassino. Depois de quebrar uma janela para entrar, Red Devil aparece, e arranca a cabeça daquele que perdeu os braços em outra oportunidade, foi tarde, né gente! Como se nada acontecido, todo mundo se junta novamente para brincar na sala, até que Hester descobre o corpo de Sam. Nisso Chanel nº 5 está no closet com o irmão do cara que perdeu os braços, Red Devil chega do nada e mata o nobody com um tiroteio de pregos. O que não entendi foi, por que poupar Chanel nº 5 de novo? Será que ela é a bebê?

A parte boa disso foi descobrirem o alçapão que leva para os tais túneis da kappa, que são assustadoramente enormes. O corredor com os legados das ex-presidentes foi cômico, mas logo apareceu Red Devil novamente para estragar a festa. Jurava que dessa vez uma delas não iria escapar, Zayday caiu e quase foi dessa para melhor, mas loucamente Chanel a salvou, acertando a cabeça do assassino, MAS MIGA, POR QUE TU NÃO TIROU A MÁSCARA DELE? POXA!

A série está cumprindo com o prometido, e eliminando boa parte do elenco em cada episódio, mas mesmo assim está deixando os protagonistas para o final. Eu estou amando a bizarrice da série, e Chad já é meu personagem favorito (como assim ele pegou a reitora e Denise?), e vocês, tão gostando?

Nenhum comentário

Adicione o seu