SDCC 2016: O painel de Star Trek

SDCC-Star-Trek

Com filas quilométricas desde muito cedo para a apresentação do painel de Star Trek, o elenco da série levou até comida para todos os fãs que estavam lá fora sob o sol escaldante do verão californiano. Contando com a presença de William Shatner, Scott Bakula, Michael Dorn, Jeri Ryan e Brent Spiner, o painel não aconteceu com o único intuito de celebrar o aniversário de cinquenta anos da primeira exibição de Star Trek em setembro de 1966, mas sim falar sobre a nova série homônima que será lançada em 2017.

Star Trek - DiscoveryMediado por Bryan Fuller, que também será o produtor executivo do reboot, o painel foi um dos mais concorridos deste ano por inúmeros motivos que, não surpreendentemente, foram todos atendidos durante os quase sessenta minutos de apresentação. Com a exibição de vários teasers, sendo que o principal deles você confere nessa postagem, tivemos a oportunidade de conferir um pouquinho mais do The Bryan Fuller Show que tinha começado no painel de American Gods.

Isso porque mesmo nos dando um pouquinho mais sobre o que teremos de Star Trek em 2017, que só para constar se chamará Star Trek: Discovery agora, mas sim um show de simpatia, ativismo e a florescência de um espírito progressista que não se via desde quando Bernie Sanders parou de fazer comícios no mês passado. Assim que começou, o produtor disse que “não queria ser um roteirista qualquer, mas sim, um roteirista de de Star Trek.

Continua após a publicidade

Salientou que “individualidade é muito importante pra gente e isso não podemos deixar que tomem de nós”, enquanto Jeri Ryan, uma das novidades nessa nova versão, pontuava que “Borg respeita toas as espécies, mesmo que tirassem o melhor uns dos outros.” William Shatner, um dos mais inspirados daquela sala, não só disse que o Canon é a Lei & Ordem e um dos fundamentos da civilização, como também mostrou uma grande preocupação pelos salmões morrendo no Oceano Pacífico.

Star Trek é sobre celebrar a diversidade,” disse Bryan mais uma vez exibindo sua excitação. “Naves espaciais não são construídas com cinismo ou ódio, mas com ciência e uma boa equipe trabalhando juntos,” completou em referência metafórica ao período eleitoral que o país passa. “Uma das coisas que me inspiraram a entrar nesse universo, foi a maneira que Star Trek atrai as pessoas para gostar de ciência,” falou o produtor em outra oportunidade.

Star WarsDetalhes sobre a série também foram divulgados. Além do título oficial e de um teaser, confirmou-se que a série seguirá uma narrativa diferente ou não contar a história de forma episódica, mas sim continuamente que se aproxima mais de uma novela do que NCIS, por exemplo. Um membro da plateia chamou a atenção de todos quando dirigiu-se ao microfone e estava usando uma camiseta de Star Wars. “Inclusivo,” gritou alguém da mesa enquanto o jovem tentava se explicar dizendo que gostava de ambos.

Para finalizar da melhor forma Bryan Fuller, o roteirista sugeriu para que todos adotassem um cão ou um gato em um abrigo, se possível, e pediu dessem as mãos para que saíssem daquela sala com muito amor e esperança. Logo em seguida, pediu para que todos parassem um minuto para homenagear Leonardo Nimoy e Anton Yelchin.

A San Diego Comic Con continua durante este final de semana e o Mix de Séries estará cobrindo os mais diversos painéis. Para saber tudo fique de olho em nossas redes sociais com a hashtag #MixNaSDCC e no nosso site com a tag SDCC.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours