A série está mesmo ruim ou estou apenas procurando defeito para falar mal?

Com o fim da temporada de Game of Thrones no último domingo, me peguei pensando… que temporada ruinzinha. Furos de roteiro, incoerências em tramas e previsibilidade em muitas outras. Porém, refleti sobre os momentos que eu passei na frente da TV assistindo aos episódios desta temporada e, até que eles não foram ruins! Pelo contrário, me entreteve bastante.

Então, espera, será que o que está errado – e ruim – sou eu?

Resultado de imagem para game of thrones gif
MEUDEUSEUTOFICANDOCHATO? #OQueTaConte100do

Esse dilema sempre recai sobre o seriador. Sabe aquela impressão de que sempre vai ter algo para reclamar? Sempre terá um defeito que vai te incomodar?

O ponto desse artigo é afirmar que, às vezes, em prol da exigência de um texto sensacional ou de uma produção impecável nós acabamos excluindo outros méritos que possam sobressair e transformar o ritual de assistir tal série prazeroso.

Não que quando a série fique ruim a gente tenha de se sentir culpado em falar mal, longe disso (Arrow sabe o quanto falei mal dela nas suas fases ruins). Mas a questão é que, determinadas coisas precisamos relevar. Se não, nós nunca assistiremos nada.

Resultado de imagem para game of thrones gif
Você lembra das qualidades da série frente à alguns problemas de história?

Séries sempre terão problemas: de condução, de história, de repetição… Grey’s Anatomy, The Walking Dead e a própria Game of Thrones estão aí para representar essas produções que vivem repetindo histórias, mostrando episódios fraquinhos, ou que dão a impressão de que não vão a lugar algum. Mas isso é TV. É entretenimento. E às vezes precisamos relevar certos conteúdos para que possamos desfrutar desse divertimento.

Resultado de imagem para the walking dead gif
Vamos parar de implicar com as séries “chatas”? ÊÊÊÊ

Afinal, é tão bom chegar em casa, assistir aquela série que amamos, independente se o episódio foi bom ou ruim. Qual é, até nós temos dias ruins. As séries também não podem?

Então, apesar de ter achado essa temporada de Game of Thrones sem coerência e fraca se a compararmos com outras, eu ainda vou respeitá-la, ainda vou me divertir com ela, e não vou ficar preso a estes problemas. Porque senão, a trajetória de toda uma série se perde frente a esse problema. Então é ser paciente e aceitar que às vezes uma história pode não soar tão boa. Mas sempre há esperança para um outro dia melhor – no caso, de um outro episódio.

Resultado de imagem para GAME OF THRONES GIF
Menos ódio. Mais episódios!

Coração aberto para as histórias é o primeiro passo que o seriador deve seguir para ser feliz no mundo das séries. Que tal praticar mais essa lei?

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.