“Sexualidade não definirá Will,” diz produtor de Nashville

Chris Carmack Nashville

Imagem: Entertainment Weekly

Continua após a publicidade

 

Em pouquíssimo tempo, desde quando entrou em Nashville, Will Lexington (interpretado por Chris Carmack) já foi o gay enclausurado no armário, o músico country que tenta lidar com sua sexualidade após ser arrancado das sombras até se tornar o símbolo da comunidade pelo seu pioneirismo e discurso de aceitação numa indústria preconceituosa.

Entretanto, o produtor executivo, e novo showrunner, Marshall Herskovitz sinaliza que uma mudança acontecerá nos rumos criativos no personagem nessa quinta temporada do drama country, fazendo com que pela primeira vez na história da série ele se torne alguém comum.

“Nós somos muito sensíveis com o fato de que, primeiramente, Will é um ser humano e um músico em segundo lugar. Ele não pode ser definido pela sua sexualidade, assim como ninguém é definido por isso,” diz à TV Line.

Além disso, Herskovitz elogia muito o talento de Carmack em ter construído um personagem tão forte – “Eu acredito que ele é um excelente ator, um performer sensacional e nós estamos tentando fazer justiça a isso. Apenas.” Antes de finalizar o produtor volta a ressaltar que o Will vai mudar – “Focaram muito em quem ele ama até então, mas essa não será a direção que seguiremos daqui para frente.”

Fonte: TV Line

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours