Shades of Blue – 1×05 – Equal and Opposite

Shades of Blue and Opposite
Imagem: NBC/Divulgação

 

Continua após publicidade

Antes de mais nada gostaria de dividir com vocês minha alegria quanto ao fato da NBC ter tido a boa ideia de renovar Shades of Blue para sua segunda temporada. Tal anúncio é ótimo quando feito com antecipação, pois já faz com que os roteiristas comecem a, pelo menos, pensar naquilo que vão trabalhar no ano seguinte. Assim as ideias vêm mais polidas, definidas e menos delirantes, visto que estamos no quinto episódio e Shades of Blue continua rodando em círculos.

Continua após a publicidade
Shades of Blue and Opposite 2
Imagem: TV Fanatic

Começo dizendo que as coisas estão tão ruins, tão tediosas que apenas o núcleo que traz Stuart (interpretado por Santino Fontana) tentando aprender português com uma prostituta brasileira me deixa alegre e confiante de que, mesmo que as coisas não estejam dando certo, há sempre algo funcionando muito bem. Digo isso porque, além deste acerto do roteiro, tudo o que nos é apresentado aqui tem cheiro de enrolação e falta de perspectiva.

Continua após publicidade

Não é de hoje que assistimos a proposta de trabalharem melhor o relacionamento de Harlee com a sua filha adolescente, não é mesmo? Pois bem, a moça foi para uma boate sem autorização da mãe e quebrou o para choques do carro, mas nada foi feito. Wozniak está envolvido até a cabeça com um tipo oriental caricato e clichê que até agora não fez absolutamente nada, além de fazer com que um vira-lata entrasse em cena. Já Tess, bem, acredito que a situação da personagem está tão complicada que não tem nada que possa ser dito.

Entretanto, faltou dizer que além de não sair do lugar, os roteiristas resolveram nos trazer uma enxurrada de moralismo com os questionamentos éticos de Harlee. Um exemplo disso é a cena em que a personagem fala “eu tenho medo que minha filha descubra quem eu sou de verdade, eu vou perde-la.”. Depois disso, eu volto a questionar: estamos assistindo uma série sobre policiais corruptos ou uma história que esteja querendo reafirmar Rousseau ao repetir, inúmeras vezes, que “o homem nasce bom, a sociedade o corrompe”?

Continua após publicidade

Acredita que as coisas não ficam piores do que isso? Então prepare-se, porque o roteiro nos garante que vai investir numa história de amor entre Harlee e Robert. Isso mesmo que você leu. O agente do FBI possui interesses amorosos com sua informante da polícia, que no caso, sente os mesmos desejos por ele, todavia eles não podem viver esse amor tranquilamente porque Shades of Blue é mais novelão do que poderíamos imaginar.

Em síntese, afirmo com toda a tranquilidade que esta é uma série que eu gosto bastante de assistir porque ela tem potencial, ela tem uma boa proposta, trás um dos melhores trabalhos da carreira de Ray Liotta e também uma Jennifer Lopez que eu estou adorando conhecer. Entretanto, para que Shades of Blue seja aquilo que todos nós desejamos, a equipe de roteiristas e a direção precisam trabalhar melhor (ou serem substituídos). Se continuar do jeito que está, teremos um dos Seasons Finales mais mornos da temporada 2015/16.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!