Shades of Blue – 1×06 – Fall of Man

Shades of Blue Fall of Man

Imagem: Spoiler TV

Continua após as recomendações

 

Que Deus abençoe a irregularidade!

Continua após a publicidade

Quem diria que tal adjetivo pejorativo serviria, e muito, para Shades of Blue conseguir apresentar seu melhor melhor episódio da temporada e mais, fazer com que o drama capitalize os problemas anteriores e transforme tudo aquilo em ânsia pelo inesperado. Explico. Quando você está tirando notas baixas repetidamente naquela matéria da faculdade ou em Biologia no ensino médio, já está acostumado com aquele rendimento aquém do esperado e não espera muita coisa quando vai receber o novo resultado. Exatamente, o que essa série faz aqui – nos faz pensar que ela é desprezível, mas de repente entrega seu melhor trabalho até então.

Shades of Blue Fall of Man [Menor]

Imagem: Fan Pop

Não vá pensar que em Fall of Man”, nos é apresentado uma obra prima do gênero policial ou alguma revolução nos engessados procedurais, porque as velhas fórmulas e ferramentas estão lá, principalmente àquelas que reforçam minha ideia de que Shades of Blue virou um novelão. Todavia, neste sexto episódio, a a série volta a fazer ação, as performances estão não só aceitáveis e críveis, como também, empolgantes de serem acompanhadas mostrando que os atores conseguiram melhorar, e muito, daquilo que vinham mostrando ao telespectador.

Ray Liotta se consolida como o melhor ator em cena novamente e acredito que vai acabar sendo o maior destaque da série até o Season Finale, mas gostei bastante do que assisti do trabalho de Jennifer Lopez. A atriz ainda continua jogada, e quase afogada, nas expressões usuais do melodrama e leva à risca as marcações duras e severas do seu diretor, porém percebe-se uma vontade de melhora e uma sede por mostrar a força de estrela que todos nós sabemos que ela possui. Foi assim no filme “A Sogra” para tentar se destacar mais ou tanto quanto Jane Fonda em um longa que não era dela.

Outro grande destaque aqui foi um daqueles profissionais que vem se destacando como ninguém nesta temporada de televisão. Santino Fontana, que além de Shades of Blue também está, muito bem, em Crazy Ex-Girlfriend, não está na sua melhor forma aqui, mas acredito que ver um coadjuvante aproveitando a oportunidade de se destacar, mesmo que esta seja de uma maneira bastante desconcertante, mostra que ele tem capacidade de chegar lá com a ajuda de todos basta um bom diretor e sua boa vontade continuar a mesma. 

Como apontei anteriormente, isto aqui não foi uma obra prima por uma série de motivos. Dentre aqueles principais, acredito que destacar a preguiça (ou medo?) evidente que o roteiro tem de fazer essa história andar é o que a prejudica o processo por completo. Todos imaginamos como é que as coisas irão se desenvolver até a Season Finale, mas não me dispus assistir Shades of Blue para ver o usual, quero ver ousadia na maneira de contar essa história, de construir as pontes para as amarrações e que a história, seja ela principal ou paralela, possa correr sem impedimentos ou firulas de roteiristas inseguros.

Nenhum comentário

Adicione o seu