Shadowhunters – 2×13 – Those of Demon Blood

Imagem: Arquivo Pessoal
Imagem: Captura de tela/Reprodução

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

Realmente não tivemos o melhor da temporada esta semana, mas o episódio ainda conservam um pouco da qualidade. O plot principal focou bem em uma nova ameaça aos Shadowhunters e sua incansável “Guerra Fria” contra os Submundanos. Mesmo com todas as reviravoltas do episódio, que não foram lá as melhores, ainda acredito que estamos encaminhando para uma independência interessante. Já comentei isso em reviews passadas e friso mais uma vez, a produção televisiva se afasta da obra literária sem perder seus detalhes cruciais que fazem a diferença.

Continua após a publicidade

Uma das maiores provações do episódio, ao meu ver, foi destacar liderança. Conseguimos perceber claramente como alguns personagens têm o dom natural de comandar. Luke faz um trabalho incrível com os lobos, apesar de certas rebeldias. Raphael e sua turma de vampiros também vivem em uma inconstância e, por isso, vimos um líder em ascensão surgir das cinzas: Simon. Acredito que muitos, assim como eu, não acreditam no potencial dele, simplesmente por ser Simon. Mas seria muito interessante ver o garoto ganhar respeito com o tempo, sem perder toda a clássica identidade cômica que já é sua marca registrada.

Continua após publicidade

Em matéria de comando, Jace também não é um dos melhores. Com sua mais nova descoberta familiar, o garoto foi levado ao pedestal do mundo Shadow. Não sei se foi um erro de interpretação ou tentativa de enaltecer as características do personagem, mas não percebi uma soberania em nenhum momento. As críticas dos outros personagens durante o episódio não refletiram um Jace prepotente. Tudo bem que a influência de sua avó fez toda a diferença em suas ações. Mas deu pra perceber que foi algo mais forçado do que de vontade própria. Nunca imaginaria que iria defender o personagem algum dia, mas realmente ele está me surpreendendo com suas ações.

Imagem: Captura de tela/Reprodução

Mesmo que não tenha esclarecido muito coisa do plot central, os episódios não estão deixando brechas para novos questionamentos. Encerramos este de uma maneira inusitada que pode ser essencial para a movimentação de casais que supostamente acontecerá no futuro. Jaia é um shipp que provavelmente nunca passaria pela nossas cabeças, mas que pode ter suas funções. Clary e Simon são felizes juntos, mas não são o casal ideal. A garota claramente ainda tem seus desejos por Jace e não consegue trabalhar bem o sentimento romântico pelo melhor amigo. Claro que isso pode ter uma grande influencia de atuação, mas não vamos entrar nisso, afinal, Kat está se esforçando e merece um pouco de crédito.

Continua após publicidade

Com todas as confusões do episódio e a guerra travada entre as classes, tirei um pequeno tempo para pensar: Onde se meteu Sebastian? Eu realmente acreditei que ele estava por detrás de todo o esquema contra os Shadowhunters e ainda não descarto essa possibilidade. Mesmo que os Seelies tenham sua vingança pessoal por conta de problemas passados, percebemos que o sex appeal da classe é bem aflorado. Um sorriso de Sebastian e Kaelie estaria disposta a fazer de tudo para o rapaz. É bem difícil trabalhar com esses furos de personagem e voltar com uma boa desculpa pela sua ausência. Espero que isso não influencie tanto no caminhar da série e que o personagem volte com a mesma qualidade que muitos de nós já esperamos.

[spacer height=”20px”]

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Shadow Notes 1.: Magnus recusando Dot reforça cada vez mais que Malec veio pra ficar.
Shadow Notes2.: Alec com certeza nasceu pra mandar naquele instituto, só precisa tomar cuidado com suas preocupações.

[spacer height=”20px”]

Não é de hoje que venho falando da importância de expandirmos o mundo dentro da série. Parece que finalmente estão se preparando para tal. Na próxima semana, embarcamos no mundo Seelie, um local repleto de perigos para nossos personagens. Fiquem com um gostinho de quero mais a seguir e nos vemos na próxima semana. Até lá 😀