Shameless – 6×03 – The F Word

Imagem: Banco de Séries/Divulgação

Imagem: Banco de Séries

 

As coisas não andam nada bem para os Gallaghers. Parece que uma tragédia só é pouco para essa família. Se é pra acontecer algo de ruim, que aconteça tudo de uma vez. Após descobrir que também está gravida, Fiona decide prosseguir com a ideia do aborto. A partir disso, o episódio é conduzido para uma ótima e pesada discussão sobre o tema, com aquela pitada de humor sarcástico que Shameless é especialista em fazer.

Debbie se vê apenas com o apoio de Frank em sua decisão de prosseguir com a gravidez. Isso já era meio óbvio, pois criança para Frank é sinônimo de dinheiro fácil. Para isso, pai e filha resolvem fazer uma intervenção para que Fiona tenha seu filho. Numa cena engraçada e ao mesmo tempo dramática, Fiona joga a verdade na cara de seu pai e sua irmã e fala de uma vez por todas que sua decisão já está tomada. A intervenção não valeu de nada, para o bem da humanidade.

Continua após a publicidade

Debbie, por outro lado, suplica que sua irmã mais velha a apoie em levar a gestação para frente. Aqui, Emmy Rossum se entregou totalmente à cena e os sentimentos ficaram à flor da pele. Fiona bateu o martelo e disse que se Debbie tiver um filho não irá morar no mesmo teto que ela. Verdade seja dita. Como que Debbie ainda persiste com essa ideia? Ver que só Frank a apoia não é um motivo plausível para dar fim a isso tudo? Porque, vamos combinar, para Frank concordar com algo, alguma coisa tem de errado na história.

Para dar continuidade ao seu sofrimento, Fiona decide ir ao bar onde Gus se apresenta com a banda. Para sua surpresa, Gus escreveu uma música bastante malcriada para ela. Eu achei foi pouco. Fiona não tem noção da sua capacidade de magoar as pessoas com que ela se relaciona. Ela feriu tanto os sentimentos de Gus, que o mínimo que merecia era uma música falando sobre a bitch que ela consegue ser.

Imagem: Banco de Séries/Divulgação

Imagem: Banco de Séries

Paralelo a isso tudo, vemos o rumo que os outros Gallaghers estão tomando. Lip conseguiu um emprego para Ian em sua faculdade, o que nos rendeu boas cenas dos irmãos em um entrosamento perfeito, nos lembrando os velhos tempos de Shameless, quando os dois eram unha e carne. Mas quando Lip é sincero com seu irmão, dizendo que não quer que ele se mude para o seu quarto, Ian fica possesso e os dois brigam. Espero que essa sinceridade do Lip mude o pensamento do Ian e o faça voltar aos estudos.

E por fim, Carl anda bem demais em seus negócios. Quando pensamos que alguma autoridade da escola ia dar um freio no seu comércio de armas, estávamos enganados, pois agora até o diretor e os professores fazem compras com Carl. Shameless trata isso tudo com uma comédia perceptível, mas é incrível a crítica que ela realiza. Impossível combater um crime quando as autoridades responsáveis por isso já estão corrompidas. O universo da série é um verdadeiro aprendizado.

Tags Shameless
Izabella Viana

Izabella Viana

Enfermeira, viciada em séries, apaixonada por livros e que tem como melhor amiga a menina Netflix. Daquelas que trocam uma noite de balada pelo conforto de sua casa assistindo a um bom seriado. Do coração: Friends, Dexter, Breaking Bad e Grey's Anatomy.

No comments

Add yours