Shonda Rhimes comentou sobre cena chocante de Kerry Washington em Scandal

 

Quando Olivia Pope escolheu fazer um aborto em Scandal, Shonda Rhimes estava incitando uma tempestade. Mas após o episódio ir ao ar em Novembro, a roteirista se deu conta de que havia superestimado a reação do publico.

“Quando o episódio saiu, eu pensei que a reação seria muito mais forte…e é muito bacana quando acontece o contrário”, explicou Rhimes no Vulture Festival em Nova York. “Porque o público é muito mais esclarecido do que, você sabe, os advogados do estúdio”.

Ela adicionou ainda: “eu acho que eu nunca fico surpresa. Não, eu não fico. Eu sempre estou esperando o pior. Quando Olivia fez um aborto e deixou a Casa Branca, nós usamos “Silent Night”, de Aretha Franklin, que foi uma linda trilha para tocar durante o aborto”.

Continua após a publicidade

De fato, Shonda estava mais preocupada com a percepção de Franklin em relação a cena do que com a do público. “E eu andava muito estressada com tudo isso, no geral, sobre usar essa música”, ela disse. “Eu conversei com os assessores da Aretha umas cinco vezes. Perguntei se ela havia visto a cena, se ela sabia de fato o que estava sendo mostrado. Minha maior preocupação era de que Aretha não visse a cena antes de ser transmitida na TV e nunca mais nos permitisse usar uma música dela novamente. Finalmente recebi uma nota da assessoria me pedindo para parar de fazer perguntas e dizendo que Aretha tinha visto a cena e estava tranquila em relação a isso”.

Além de ter comentado sobre esse momento poderoso de Kerry Washington, Shonda Rhimes também falou sobre a saída de Sara Ramirez de Grey’s Anatomy e você pode conferir tudo clicando aqui.

Fonte: EW

Avatar

No comments

Add yours