Shooter – 1×02 – Removal

Imagem: Netflix/Divulgação
Imagem: Netflix/Divulgação
Imagem: Netflix/Divulgação

[spacer size = “20”]

Continua após publicidade

“Vou fazer o que eu faço melhor. Eu vou caçar” – Bob Lee Swagger

Eita que a partir de agora essa história promete! Muita emoção passou por aqui! Muita coisa que senti falta no episódio piloto aconteceu e de forma bem fluente. Isso garante um desenvolvimento bem fluído e prende nossa atenção. Swagger se saiu muito bem nessa situação cabulosa armada por Isaac Joanson. Isso não significa que foi fácil. Apenas que as circunstâncias deram apoio para que ele se saísse da melhor forma possível. Relembremos dos momentos mais importantes de “Removal”.

Continua após a publicidade

Primeiro tivemos a confirmação de que Isaac é mesmo um filho da mãe traidor. Ele parece menos propenso a querer matar o ex-subordinado, mas mesmo assim o faz e sem relutar. Com certeza ele deve mudar sua opinião e se aliar novamente ao Swagger, do contrário não teria tanta importância toda essa sua obsessão. A propósito, sua armação que não deu tão certo, as duas tentativas seguidas de assassinato também foram frustradas e ambas as cenas foram tão boas quanto as que vimos em sagas como a do Justiceiro em Demolidor.

Continua após publicidade
Imagem: Netflix/Divulgação
Imagem: Netflix/Divulgação

O capitão óbvio deixou lembranças e confirmou que ele realmente fugiria da prisão. Aliás, que policiais são esses que precisam que os outros presos façam o serviço por eles hein? Sei não, mas dar um tiro resolveria tudo tão fácil… Mas pelo bem do dinamismo e da pancadaria, foi necessário. Será que veremos algo à lá Revenge nessa caça do atirador? Aposto duas balas calibre 38 que sim. E o melhor de tudo é que veremos de fato o quão bom é Bob Lee de verdade.

As investigações do FBI continuam e só a agente Nadine parece querer saber da verdade. Ela e Julie estão se aproximando e isso deve significar uma parceria em prol da família e proteção da Marie. Essas cenas foram muito boas e, ao contrário do que disse na review anterior, não há motivos para criticar a fluidez dos acontecimentos. Foi tudo muito dinâmico e deu abertura para o circo pegar fogo.

Continua após publicidade

Diferente das séries originais Netflix que não costumam deixar grandes ganchos de um episódio ao outro, pelo menos nestes dois primeiros, é exatamente o final que nos traz um clímax que nos obriga a dar o play na continuação. As minhas quartas serão melhores esperando a continuação dessas emboscadas. Espero que as de vocês também!