Shooter – 1×08 – Red on Red

Imagem: Netflix

Imagem: Netflix

Continua após as recomendações

O melhor sempre fica para o final. Lembro dessa frase nos últimos episódios de The Blacklist e, meus amigos, em Shooter esse slogan cai como uma luva. Os acontecimentos deste antepenúltimo capítulo culminaram em um clímax épico e que já me faz ficar vidrado esperando a próxima quarta. A começar pelo fato do Bob Lee e da Nadine estarem trabalhando juntos agora. Quando digo juntos, quero dizer lado a lado mesmo, sem aquela chatice de contatos telefônicos. Vê-la aprender a ser uma sniper trouxe peso a personagem para seu desenvolvimento futuro.

O título do show de hoje foi muito feliz. Aliás, não entendo porque insistem em abrasileirar as coisas e perder a essência. No Netflix, o nome está Guerras Paralelas. Mas Red on Red (vermelho no vermelho) traz muito mais significado. Essa é uma expressão de guerra e significa jogar com todos e colocar todos contra todos. É o caos pelo caos, e aprendemos como Swagger pode ser realmente bom em fazer isso. Seu plano sempre foi matar todo mundo e assim garantir a segurança da sua família. A agente Memphis foi contra, mas não pode fazer muito.

Continua após a publicidade

Imagem: Netflix

Imagem: Netflix

Os embates de Lon Scott e Swagger estão bem abaixo do que eu imaginava que seriam. Não vejo faíscas saírem dali, nem tão pouco grandes cenas de ação, mas sim uma rivalidade quase que estudantil. A verdade é que ambos os lados atuam de forma prática e observam cada qual seu interesse para sair ileso de toda confusão.

Agora falando de quem está fazendo hora-extra, Jack está mais chato do que nunca. Sua sede pelos seus dez milhões está um saco. Não sei como ele pode ser poupado por um mísero pendrive. Mas já que está vivo até agora, que consiga prestar um bom serviço e prove ser um personagem útil. Ele até poderia ser útil se, de alguma forma se arrependesse, porque na boa, ele não tem calibre para ser o vilão mais temido da história.

Agora muitos aplausos e apreensão para este final. Estou com o coração na mão até agora. Desde o piloto, eu sabia que um ataque à família Swagger era eminente e que eu iria sofrer muito, mas não há nada que previna nosso coração e… que Scott filho da mãe! Pois é. Ao que tudo indica, teremos baixas. Me sinto culpado por shippar Nadine e Bob no início desse episódio ao ver seu desfecho. Só digo uma coisa: não gostaria de estar na pele daqueles que sentirão a fúria do nosso herói.

Round 1: “Eu sou um sniper. Você é só um atirador.” – Bob Lee
Round 2: “Crie um caos para ninguém confiar em ninguém.” – Bob Lee
Round 3: “Se não funcionar voltamos ao plano A.” – Bob Lee
Round 4: “Mas qual é o plano A?” – Nadine Memphis
Round 5: “O que você acha?” – Bob Lee

Nenhum comentário

Adicione o seu