Shooter – 1×09 – Ballistic Advantage

Imagem: Ron Jaffe/USA Network

Imagem: Ron Jaffe/USA Network

Continua após as recomendações

 

Chegamos a um episódio épico. Tensão do começo ao fim com o sequestro da família Swagger e Lon Scott na mira, desde o primeiro momento. E, já que estamos falando dessa linhagem, Julie tem mais culhões do que muitos homens por aí. Mesmo em situação de vulnerabilidade, ela não perde a confiança em seu marido e consegue manter o controle. Palmas também merece a pequena ratinha, que não é, nem de longe, uma criança histérica. Às vezes essa paz até irrita… mas ela tem a quem puxar.

Continua após a publicidade

Isaac, pelo menos dessa vez, foi para o lado bom da força e ajuda Bob Lee. Essa parceria mostrou o quão bem os dois trabalham e, somado os esforços da Nadine, esse trio mandou muito bem. Espero que essa ação se repita, pois foi muito boa. Mesmo Swagger sendo encurralado, cara, ele sai da situação como ninguém e, aqui, me deem a licença de falar como fã, pois foi sem igual seu jogo de cintura. Sim, ele é um sniper com S maiúsculo!

Voltando a falar de Julie, quem diria que seria ela a dar um fim no Jack?! Foi ótimo ver seu desenvolvimento e crescimento dentro do show. Suas participações apesar de curtas construíram uma boa imagem para ela. Pouco sabemos de sua história, porém, com uma nova temporada já confirmada, de certo teremos tempo de sobra para conhecer mais do seu passado.

Imagem: Ron Jaffe/USA Network

Imagem: Ron Jaffe/USA Network

Ah… Lon Scott… com quem você foi mexer, hein?! A sutileza de todo processo para o seu desfecho foi brilhante e foi isso que fez eu dar uma nota 9,5 para esse episódio. Só não dei uma nota maior porque não mostraram explicitamente a morte do Meechum. Como assim o cara toca terror por vários capítulos e some sem dar um tchau para o público (a ironia mandou lembranças)?!

Mary, coitada, é a sua vez de ser o centro das atenções. E para onde foi que mandaram ela? Nada mais, nada menos do que a Rússia. Rápida essa viagem, à propósito.

Mas deixando de lado esse tempo de roteiro, que momento propício para contar a história da segunda temporada. É isso que eu chamo de um bom encerramento. Esse episódio poderia facilmente ter sido uma season finale de tão bem feito. O canal USA acertou em cheio com essa adaptação e a Netflix em trazer sua distribuição tão rápida.

Não tenho teorias para esse final, fora muito Anexo B para ser exposto. Com a saída de personagens tão importantes para a trama, novos vilões devem ser introduzidos e, quem sabe, Swagger se livre da culpa da morte do presidente ucraniano ainda na season finale. Não sei vocês, mas eu estou ansioso demais para saber qual será o desfecho dessa aventura. Nos vemos na próxima quarta!

 

2 comentários

Adicione o seu
  1. Anderson Narciso
    Anderson Narciso 16 janeiro, 2017 at 18:18 Responder

    Meu Deus que sensacional. Esse episódio 09 foi demais. Adorei a Julie matando o Jack. Esse fdp tinha que ter um final dali pra baixo. Já estava com ódio dele…

    Cara, foi demais a resolução que o Bob Lee arrumou pra salvar sua família. A cena do Isaac cortando o braço do Jack com a arma também foi incrível.
    O melhor episódio até agora e só aumentou o hype pra season finale.

    Será que ele conseguirá se inocentar na finale? Tô em dúvida…

    • Avatar
      Wellington Torres 17 janeiro, 2017 at 23:31 Responder

      Eu tô que não me aguento pra finale… A ansiedade está a mil e acredito que ele não vai conseguir se inocentar mais tão fácil, afinal, matou o verdadeiro atirador do presidente e ainda entrou na lama do Anexo B de paraquedas… Muita treta ainda!

Post a new comment