Sneaky Pete – 1×03 – Mr. Success

Imagem: IMDb

Imagem: IMDb

Continua após as recomendações

 

A saga do nosso querido Marius Josipovic continua no terceiro episódio, intitulado “Mr. Success”. O nome do episódio se dá por conta do agente de condicional de Marius, James Bagwell, aka Mr. Success. O agente acaba ligando para Marius, pois se passaram já dois dias que Marius saiu da cadeia e ele ainda não foi ver Bagwell. Eis aí minha primeira inquietação. Como é possível que se passaram somente dois dias, sendo que nos episódios anteriores eles já fizeram tanta coisa? Fica meio difícil de acreditar, mas ok!

Continua após a publicidade

Após a ligação para Marius, a família Murphy termina seu café e vai cada um tomando seu rumo. É neste momento que Otto acaba pegando o celular de Audrey. É a primeira vez que Otto mostra a sua desconfiança na mulher. No último episódio, Audrey mandou um cara ficar de olho em Marius e ele disse que Audrey sabe bem sobre traição. Será que Audrey já traiu Otto? E se sim, será que Otto sabe ou é apenas desconfiado mesmo? Bom, fato é que o vovô apareceu mais amargurado neste episódio.

Durante o caminho a uma possível cliente, Marius e Audrey começam a trocar figurinhas e a avó acaba falando que existem muitas perguntas sem respostas. Estas perguntas podem ter a ver com a mãe de Pete, que ainda não foi apresentada a série. Pelo jeito, algum problema entre ela e a família Murphy aconteceu. Fica a dúvida sobre o que a mãe de Pete aprontou para que ela e a família ficassem sem se falar por vinte anos. É óbvio que não teríamos estas respostas já no terceiro episódio, então a pergunta acaba sendo esquecida pelo fato de os dois terem chegado ao destino.

Durante a discussão sobre a garantia que Libby daria para receber dinheiro emprestado para fiança, Marius começa a ficar impaciente pelo fato de ter hora marcada com Mr. Success. Ele então, brilhantemente, mente sobre um relógio que Libby tinha em sua casa e era, supostamente, super valioso. A princípio dá para concluir que ele só queria acabar logo com a discussão para ir ao seu compromisso, mas cabe pensar que ele fez isso também para que Audrey tenha que abrir o cofre e ele consiga ver a combinação.

Enquanto Marius está enrolado nesta situação, ele continua sendo procurado pelos capangas de Vince. Winslow, um detetive comprado pelo criminoso, descobre que Marius está em Bridgeport. Logo, eles ficam sabendo que Marius tem horário marcado com o agente da condicional. Eddie, irmão de Marius, continua preso. Vince, inclusive, pouco aparece nesse episódio.

Após Audrey e Marius conseguirem fazer negócio com Libby, a avó chama o Pete Fake para almoçar, bem perto da hora em que Marius tinha a reunião com o agente. Ele até tenta desconversar, mas a avó é bem enfática e não aceita as negativas do “neto”.  É bem quando eles estão comendo que temos mais uma surpresa. O avô Otto estava seguindo a sua mulher. Para quem foi bem passivo nos primeiros dois episódios, Otto deu uma surpreendida.

Ainda durante o almoço, Audrey mais uma vez dá uma apertada em Marius. Ele, se sentindo pressionado, acaba copiando o discurso de Pete lá do piloto da série, em que ele fala como a vida era boa na infância. Audrey acaba ficando emocionada e, aparentemente, começa a confiar mais em seu neto.

É após o almoço que avó e neto voltam a loja de fianças da família. Após Audrey abrir o cofre, e é claro que Marius prestou atenção e  tentou ver a senha do cofre, ela recebe uma ligação. Não sabemos quem ligou e muito menos qual era o assunto. Mas a partir da sua fala, pode-se deduzir que Audrey está metida em alguma coisa complicada, já que ela mesmo fala que não sabe até quando aguenta.

Com a visita remarcada para mais tarde, Marius vai acompanhar Julia no mercadinho. É quando ele sofre um suposto sequestro. Gente, fala sério, foi muito óbvio que quem tinha “raptado” Marius era Taylor. Mesmo com a angulação das câmeras mostrando somente o carro, a cena não criou nem um tipo de emoção. A minha única reação foi “a vá que era o Taylor, nossa!”. Tudo bem que esta sequência acaba sendo importante para o plot final do episódio, quando Marius se dá conta de que esqueceu sua carteira de habilitação original no porta-malas de Taylor. Mas mesmo assim, dava pra fazer uma coisa mais bem desenvolvida.

Após Taylor deixar Marius de volta a cidade, o nosso trambiqueiro vai ao encontro do Mr. Sucess. Ao chegar ao quarteirão ele acaba vendo os capangas de Vince e consegue fugir. Inventando mais uma desculpa, ele tenta remarcar de novo a sua reunião. Mr. Success, que não é bobo, acaba indo atrás de Marius através do endereço que estava marcado em sua ficha. Mas Marius é mais rápido que ele e acaba chegando primeiro a casa de Katie. Ela, inclusive com a ajuda do marido e de Marius, acaba convencendo de que o criminoso estava doente e que por isso não tinha ido ao encontro do agente.

Ao fim do episódio, Marius percebe que Carly roubou uma parte de seu dinheiro. Ele então acaba dando o troco nela e a rouba de volta. Depois de pegar o dinheiro de volta ele acaba dando este mesmo dinheiro para Carly. Quando ela descobre que foi enganada, fica furiosa.

Fiquei com a sensação de que neste terceiro episódio houve uma tentativa de se trazer os personagens mais secundários, como Taylor e Otto, mais para dentro da história. Será que Taylor vai ser o primeiro a descobrir que Pete na verdade não é Pete? Ainda aposto na Audrey, mas vamos ver.

Obs: Gente, Sneaky Pete foi renovada para a segunda temporada. Ainda vai ter muito mais do Pete Fake! 🙂

 

Nenhum comentário

Adicione o seu