Sobre assistir séries depois que a temporada acaba

Source: Pexels

É sempre a mesma coisa: de tempos em tempos aparece aquela série que todos falam sobre. É o assunto da cidade, do país, do planeta: está nos bares, no Facebook, nos memes e se duvidar até mesmo sua avó está falando. Ainda assim, por algum motivo nada disso parece abalar algumas pessoas que simplesmente ignoram tudo isso.

Já conheci gente que nunca teve a grande curiosidade de acompanhar uma série desde o início ou, quando acompanham, não se tornam leais e devotos a ela. Ah, mas até aí aparentemente nenhuma novidade. Só que aí é que vem o adicional: ao mesmo tempo, isso não significa que elas não tenham curiosidade e que não se interessem por séries. Vi algumas dessas pessoas vibrarem a cada episódio de Game of Thrones e virarem a noite assistindo as temporadas seguintes, ou ficando tão aficionados que até passaram a comprar bonecos dos personagens ou investir o tempo em jogos como o videogame lançado pela Telltale Games ou o caça-níqueis do Bumbet. Mesmo ainda assim tem alguma coisa que as fazem preferir assistir depois que todo mundo já viu. Perguntei isso a uma amiga e ela disse que desse jeito é mais certeiro porque, quando a curiosidade bater, não vai ter que esperar pelo próximo episódio; ele já está ali e a única coisa que a impede de assisti-lo é caso ela queira fazer outra coisa – mas a escolha de assistir ou não existe! É uma coisa mais de controle.

Source: Pexels

Essa amiga e outras pessoas me disseram que muitas vezes experimentam olhares surpresos quando dizem que não acompanham uma série antes do seu final ou que já ficaram sem entender o que as pessoas falavam numa conversa, então acho legal desmistificar a ideia de que quem não está acompanhando uma série significa que não curte ou não se importa – claro que existem os casos, mas o que quero dizer é que isso não é necessariamente verdade.

Percebo que às vezes a gente não sabe lidar com quem não tem os mesmo vícios de série que a gente e que muitas vezes acabamos por julgar até mesmo sem intenção (“Mas como assim você ainda não assistiu La casa de papel?”, “Você nunca viu Grey’s Anatomy? Você não sabe o que está perdendo!). Sim, às vezes a gente se empolga tanto que apenas quer compartilhar as nossas séries favoritas e quer que o outro sinta a mesma felicidade, mas quer saber? Tá tudo bem! Tem gente que prefere falar de futebol, por exemplo, e sobre quais são os jogadores favoritos ao invés de personagens, e ninguém dá um olhar surpreso se você responder que está por fora (e olha que estamos em tempo de Copa).

Por um lado, acho que tem uma parte até bem admirável em quem consegue não acompanhar uma série enquanto todos estão falando sobre ela e estar totalmente de boa por fazê-lo depois que ela não é mais novidade. Vamos combinar que é um desprendimento total que merece aplausos, e quem sabe a gente até pode aprender umas lições, como parar de sofrer por ter séries atrasadas ou temer spoilers – ambos já discutidos aqui no canal. Enfim, vamos deixar o amiguinho ser feliz do jeito que ele escolher.

 

Tags Netflix

Share this post

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.