Sofremos pelo “ship” mais do que sofremos por amor?

Se existe uma definição de sofrimento na vida de todo seriador, é sofrer por…ship.

Continua após as recomendações

Pra quem não sabe, ser um shipper é a definição para aqueles que torcem incondicionalmente para um casal de uma série de TV.

Pois é, muitos viciados em séries de TV não estão nem aí pra sua vida amorosa, estão mais preocupados em saber se o casal pelo qual torce tanto no seu show favorito ficará junto!

Continua após a publicidade

Às vezes esse sentimento vem desde o piloto. Outras, aparecem após um imenso plot twist. O que importa é que, despertado o sentimento de cupido, você passará episódios, às vezes até temporadas, esperando que o amor da vida do seu personagem predileto se concretize. Quem nunca?

É uma mistura de sentimentos. Você se sente parte da relação…

Se lembra da primeira troca de olhares…

 

“Ei gata, você vem sempre aqui?”

 

 

Do primeiro gesto carinhoso entre os personagens…

 

“Põe a mão carinhosamente no meu nariz pra audiência ir a loucura?”

 

A esta altura do campeonato? Você já está enlouquecidamente torcendo por seu shipper!

 

 “Eu te amo, e ficaremos juntos até que um cliffhanger nos separe!”

 

Você pode considerar-se um shipper quando começa a juntar as iniciais dos personagens e forma um nome para um casal. E, geralmente, os produtores vão demorar um bom tempo para deixar seus pombinhos prediletos juntos. Mas o dia finalmente chega…

 

“Até que enfim eles ficaram juntos.”

 

Não tem mais volta. A estrada do sofrimento por um ship é uma via de mão única. A partir daquele momento, suas emoções como seriador ficam bem mais intensas.

 

“Esse é meu casal favorito! Nada pode acontecer com eles…”

 

Só que na vida dos shippers existe um inimigo mortal: o fdp do showrunner. Você já começa a odiá-lo quando os rumos do casal caminham para uma separação…

 

“O que essa po#[email protected] ta pensando que vai fazer com meu ship? Chega!”

 

Até que o fatídico momento acontece…

 

“Não fala comigo. Meu ship se separou!”

 

Depois disso, existem duas possibilidades.

Uma delas, é a pior de todas. Seu ship nunca mais ficará junto. Seja talvez por uma morte, por uma traição, por outro interesse romântico… Desista, eles não voltarão!

 

“Não tem mais jeito. Eles nunca mais voltarão. Vou fazer um tumblr com todos momentos românticos…”

 

Porém, existe uma luz no fim do túnel. As vezes alguns casais resolvem fazer as pazes, e deixam aquele clima de “quero mais”, geralmente numa season finale.

 

Eu sabiaaa que eles iam voltar! Sabia! #IniciaisDoMeuCasalFavoritoForever

 

E assim, você fica feliz… Até eles se separem de novo. Ah, e sobre nossa vida amorosa? Ehr... deixa pra lá!

 

Então, qual foi o seu maior sofrimento como shipper?

51 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    leo 30 outubro, 2019 at 19:41 Responder

    eu tinha um com ship da minha waifu com uma menina lá e mesmo ela me dando certeza que ia dar certo no final ela acabou com o meu sonho.

  2. Avatar
    Juliane Gomes de Oliveira 22 novembro, 2014 at 19:52 Responder

    Meu Deusss… como é difícil ficar shippando alguns casais…. Ando sofrendo mais com eles do que com os meus relacionamentos!!
    Identifiquei-me aqui!!!! HEHEHEHE

    Oliver e Felicity <3

  3. Avatar
    Juliane Gomes de Oliveira 22 novembro, 2014 at 19:52 Responder

    Meu Deusss… como é difícil ficar shippando alguns casais…. Ando sofrendo mais com eles do que com os meus relacionamentos!!
    Identifiquei-me aqui!!!! HEHEHEHE

    Oliver e Felicity <3

  4. Avatar
    Carol Fernandes 22 novembro, 2014 at 19:11 Responder

    Me definiu na Vidaaaa. Sofri MUIITO com Caskett (de Castle) mas eles finalmente ficaram juntos. Agora to sofrendo com Olicity (De Arrow”).
    Amei o artigo, Anderson. Parabéns.

  5. Avatar
    Carol Fernandes 22 novembro, 2014 at 19:11 Responder

    Me definiu na Vidaaaa. Sofri MUIITO com Caskett (de Castle) mas eles finalmente ficaram juntos. Agora to sofrendo com Olicity (De Arrow”).
    Amei o artigo, Anderson. Parabéns.

  6. Avatar
    Márcia Queiroz 21 novembro, 2014 at 17:50 Responder

    Sofri mto com a Andy e o Sam de Rookie Blue… snif, snif, altos ships ali kkkkkkkkkkkkkk Ah e com Olicity sofro muito shipando Oliver e Felicity, ô vida sofrida de seriador shipper *-*

      • Avatar
        Márcia Queiroz 1 dezembro, 2014 at 09:30 Responder

        Ah, o Nick é um fofo, mas eu sempre fui uma shipper fervorosa da Andy e do Sam! Quanto a Oliver e Felicity, de Arrow, to aqui na espera de algo mais 🙂

  7. Avatar
    Márcia Queiroz 21 novembro, 2014 at 17:50 Responder

    Sofri mto com a Andy e o Sam de Rookie Blue… snif, snif, altos ships ali kkkkkkkkkkkkkk Ah e com Olicity sofro muito shipando Oliver e Felicity, ô vida sofrida de seriador shipper *-*

  8. Avatar
    Paula Reis 21 novembro, 2014 at 15:22 Responder

    “I Kneeww Iiittt!” Hahahahaha Eu ri muito desta cena da Gloria quando assisti Modern Family. Ri muito de novo agora. Obrigada, Narciso!

  9. Avatar
    Paula Reis 21 novembro, 2014 at 15:22 Responder

    “I Kneeww Iiittt!” Hahahahaha Eu ri muito desta cena da Gloria quando assisti Modern Family. Ri muito de novo agora. Obrigada, Narciso!

  10. Avatar
    Pedro 21 novembro, 2014 at 12:43 Responder

    Pior coisa, shippar o casal na serie/novela e eles vão pra vida real. Ai logo depois que acaba o trabalho, acaba a relação. E pior ainda quando você fica vendo indiretas dos dois durante anos…… MAS ELES NÃO VOLTAM.

  11. Avatar
    Pedro 21 novembro, 2014 at 12:43 Responder

    Pior coisa, shippar o casal na serie/novela e eles vão pra vida real. Ai logo depois que acaba o trabalho, acaba a relação. E pior ainda quando você fica vendo indiretas dos dois durante anos…… MAS ELES NÃO VOLTAM.

  12. Avatar
    Yara Regina 21 novembro, 2014 at 12:33 Responder

    Vc me descreveu no seu artigo… Pouco me importa minha vida amorosa, não consigo pensar nela se meus ships estão sofrendo!!! Parabéns pela matéria…

  13. Avatar
    Yara Regina 21 novembro, 2014 at 12:33 Responder

    Vc me descreveu no seu artigo… Pouco me importa minha vida amorosa, não consigo pensar nela se meus ships estão sofrendo!!! Parabéns pela matéria…

  14. Avatar
    Sandra Rebelo 21 novembro, 2014 at 12:12 Responder

    Identifico-me tanto com este artigo ! xD
    Muito eu mesmo, que tenho hábito de sofrer mais por ships e interessar-me mais por eles do que pela minha vida amorosa ahah

    Todos os casais que eu shipo em séries são complicados, não há uma única excepção, por isso, sofrer por eles é quase rotina ahah

    Parabéns pelo artigo, adorei! 🙂

    • Anderson Narciso
      Anderson Narciso 22 novembro, 2014 at 15:56 Responder

      Obrigado Sandra, espero que retorne na coluna 😀
      Já olhou nossos outros textos do Mix Discussão? :))

      Sim, nos sofremos pelo casal e provavelmente pelo o que menos tem chances de dar certo haha.
      As vzs a arte imita a vida ne? kkk

      Obrigado pelo comentário!

      • Avatar
        Sandra Rebelo 22 novembro, 2014 at 17:25 Responder

        De nada Anderson! 😀
        Vou ver os outros textos assim que possa 😀

        Bem, eu acho que está no meu destino sofrer por ships. E sem dúvida que gosto sempre daqueles que são mais complicados, em slow burn e que demoram eternidades para darem certo… xD
        Mas não me arrependo, porque posso sofrer mas acabo por ser recompensada no final e os casais são end game :b

        E uma coisa é certa, importo-me mais com a vida amorosa das personagens das minhas séries do que com a minha própria vida amorosa ahah

  15. Avatar
    Sandra Rebelo 21 novembro, 2014 at 12:12 Responder

    Identifico-me tanto com este artigo ! xD
    Muito eu mesmo, que tenho hábito de sofrer mais por ships e interessar-me mais por eles do que pela minha vida amorosa ahah

    Todos os casais que eu shipo em séries são complicados, não há uma única excepção, por isso, sofrer por eles é quase rotina ahah

    Parabéns pelo artigo, adorei! 🙂

    • Anderson Narciso
      Anderson Narciso 22 novembro, 2014 at 15:56 Responder

      Obrigado Sandra, espero que retorne na coluna 😀
      Já olhou nossos outros textos do Mix Discussão? :))

      Sim, nos sofremos pelo casal e provavelmente pelo o que menos tem chances de dar certo haha.
      As vzs a arte imita a vida ne? kkk

      Obrigado pelo comentário!

      • Avatar
        Sandra Rebelo 22 novembro, 2014 at 17:25 Responder

        De nada Anderson! 😀
        Vou ver os outros textos assim que possa 😀

        Bem, eu acho que está no meu destino sofrer por ships. E sem dúvida que gosto sempre daqueles que são mais complicados, em slow burn e que demoram eternidades para darem certo… xD
        Mas não me arrependo, porque posso sofrer mas acabo por ser recompensada no final e os casais são end game :b

        E uma coisa é certa, importo-me mais com a vida amorosa das personagens das minhas séries do que com a minha própria vida amorosa ahah

  16. Avatar
    Alice Risso 21 novembro, 2014 at 08:48 Responder

    Oooooouuuuuuu….o casal shippado passa para a vida real, eles ficam na série e depois terminam na vida real e na série! aiiiiiiiiiii vida cruel! D:

  17. Avatar
    Alice Risso 21 novembro, 2014 at 08:48 Responder

    Oooooouuuuuuu….o casal shippado passa para a vida real, eles ficam na série e depois terminam na vida real e na série! aiiiiiiiiiii vida cruel! D:

Post a new comment