I Am The Night, grown-ish, Brooklyn Nine-Nine, The Walking Dead, Spoiler, Spoiler Alert

Spoiler Alert: Confira os principais spoilers da semana nas séries de TV

I Am The Night, grown-ish, Brooklyn Nine-Nine, The Walking Dead, Spoiler, Spoiler Alert

Imagem: TNT/Divulgação; Freeform/Divulgação; AMC/Divulgação; FOX/Divulgação

I Am The Night, The Walking Dead, Brooklyn Nine-Nine e muito mais

Em mais uma semana recheada de novidades, temos algumas séries não muito conhecidas. Como é o caso da nova minissérie da TNT, I Am The Night, assim como a comédia da Freeform, grown-ish, que ainda não recebeu a atenção que merece.

São informações acerca do que vem por aí, seja em relação ao desenvolvimento de alguns personagens, assim como brigas em potencial. Além disso, temos as populares, como The Walking Dead, no que se refere a nova vilã.

Sem esquecer de mais novidades sobre a despedida de Gina de Brooklyn Nine-Nine. Qual a estrutura? Como vai ser? O showrunner contou ao TV Line.

Fazendo televisão com visão

Um dos projetos mais esperados para o primeiro semestre de 2019 é a minissérie I Am The Night. A partir de uma grande reportagem que a Variety fez com Chris Pine e Patty Jenkins, temos uma ideia do que esperar da nova produção. De acordo com a diretora, que ficará responsável pela condução dos dois primeiros episódios, ela trará toda sua visão criativa.

Há um apelo tão brilhante que checamos todas as opções daquilo que constrói uma grande história,” diz. “Nós estamos criando um personagem bastante sutil e universal que fala sobre identidade. Mesmo se você descobrir o pior sobre você, qual será a sua reação? Nem todos podem ser heróis,” completa.

Ainda de acordo com a publicação, a visão de Jenkins para a produção é bastante clara. Onde apresentará uma trajetória de colisão entre os personagens de Pine e India Eisley, assim como a descoberta do papel de Chris acerca da sua grande resiliência como um “jornalista raiz”. O lançamento acontece pela TNT em 28 de janeiro

Nada de risadinha

Para quem assistiu ao primeiro ano de grown-ish e ficou um tanto surpreso com o tom que a segunda temporada tomou logo no seu Season Premiere, acostume-se. Em entrevista com o TV Line, Jordan Buhat (Vivek), contou que a fase da “lua de mel acabou. “Uma das minhas partes preferidas de toda amizade é a fase de lua de mel no início,” conta.

A gente se apaixona e se diverte bastante. A parte mais complicada dos relacionamentos é quando você começa a entrar em conflito com todo mundo. Na segunda temporada, nós vamos esbarrar um no outro por causa das nossas ideias. Ainda mais do que na primeira temporada,” confirma.

Quem não gosta de um bom vilão?

Agora que nós conhecemos a nova vilã de The Walking Dead (se você ainda não sabe, observe a criatura pitoresca na imagem em destaque), resta saber o que esperar dela, não é mesmo? Em entrevista com a Entertainment Weekly, a showrunner da série, Angela Kang, deu algumas dicas.

Bem, a segunda metade da nona temporada, nós realmente vamos mais fundo com a história dos Whisperers. Ao final da primeira parte, obviamente, revelamos que esses zumbis não estão evoluindo e são uma forma de ameaça humana,” diz.

“Vocês vão descobrir mais sobre esse grupo. Assim como a sobrevivência brutal da filosofia de ataque e a forma na qual ela se desenvolve de uma maneira assustadora,” conclui.

Promessa é Dívida

A sexta temporada de Brooklyn Nine-Nine estreou com bons números de audiência, além da proposta de ser a melhor até agora. Contudo, não pense que isso é uma afirmação do Mix de Séries, mas sim uma promessa do showrunner, Dan Goor, em entrevista à Vanity Fair. Ele garante que eles continuarão a tomar mais riscos. “Nós vamos continuar essa tendência ainda mais nesse ano,” disse.

Quanto a saída de Chelsea Peretti, que trouxemos algumas informações na coluna anterior, Dan garante que será um momento especial. Ele afirma que a despedida da personagem será um arco “muito engraçado” de dois episódios. “Nós queremos fazer justiça com a Gina, então o segundo dos dois personagens trazem quatro histórias envolvendo-a, onde ela será a protagonista,” garante.

Leve, tão leve….

A aguardada segunda temporada de Star Trek: Discovery terá um tom mais “ameno e solar”. Essas foram as palavras da produtora executiva, Heather Kadin. Em conversa com o TV Line, ela ainda revelou o que podemos esperar da série, assim como dos personagens principais.

Vimos muito conteúdo pesado na última temporada, mas o segundo ano será mais leve em razão do fim da guerra entre a Federação e os Klingons. Em qualquer momento histórico, após o fim de uma guerra, o momento que vem em seguida é de mais celebraçnao,” garante.

Uma das fontes de “leveza” é justamente a chegada de Spock, que Kadin garante que será “diferente”. De acordo com a produtora, nós não “veremos ele da forma na qual nos acostumamos….definitivamente ele é mais ácido, e tentando encontrar seu lugar,” conclui.

Election Night

Para quem já está em dia com This Is Us, sabe que Randall Pierce é o mais novo vereador eleito da cidade da Filadélfia. Contudo, antes mesmo de sabermos o resultado do pleito, uma dúvida pairava na cabeça dos telespectadores: será que o casamento entre ele e Beth conseguiria sobreviver ao estresse? Em entrevista com o The Hollywood Reporter, Sterling K. Brown deu alguma ideia de como essa história será trabalhada daqui para frente.

Teremos algumas turbulências. O momento será tenso daqui para frente, mas não há nenhum casamento que não passe por um momento desses. Eu estou esperançoso. Eu continuo com a ideia de que Beth e Randall vão encontrar uma forma de seguir em frente juntos. Porém, como já vimos uma amostra do seu futuro, alguns podem pensar que eles não sairão dessa juntos. Mas nós vamos ver, não é mesmo?,” diz o ator.

Quem entra e quem sai

Spinning Out: no seu primeiro grande papel desde o cancelamento de The Last Man On Earth, January Jones será a protagonista do novo drama da Netflix. O projeto traz a proposta de contar os bastidores do mundo da patinação artística no gelo. A atriz se junta a Kaya Scodelario (Maze Runner: Prova de Fogo), enquanto série é uma criação de Samantha Stratton (Mr. Mercedes).

– Space Force: ninguém menos que Steve Carrell retornará ao universo de The Office. Ou quase isso. Até porque o ator será protagonista da nova comédia que terá o espaço de trabalho como pano de fundo. Para quem leu o título e percebeu certas semelhanças com o noticiário é que a proposta é justamente de fazer uma sátira com a ideia de Donald Trump em criar uma “força especial”.

NYPD Blue: o novo projeto de série da ABC acaba de ganhar mais um reforço no elenco. O estreante Fabien Frankel fará sua estreia em Hollywood no papel de Theo Sipowicz, o protagonista da história. Ele será o filho do detetive Andy Sipowicz (papel de Dennis Franz), que tenta não só ganhar seu distintivo de detetive e trabalhar no 15º batalhão, enquanto investiga o assassinato do seu pai.

– The Twilight Zone: a CBS All Access confirmou mais dois nomes no elenco da sua nova (e aguardada) série. DeWanda Wise (She’s Gotta Have It) e Jessica Williams (2 Dope Queens) estarão no reboot do clássico, mas suas personagens não foram reveladas.

– Hypnotist’s Love Story: mesmo que a temporada ainda não tenha terminado, a ABC já está com sua atenção voltada para o próximo ano. Tanto que encomendou um dos seus primeiros pilotos dramáticos, cuja co-protagonista será interpretada por ninguém menos que Heather Graham. A atriz interpretará uma stalker, mas sem muitos detalhes.

Trailer da Semana: Billions (4ª temporada)

Uma das minhas séries preferidas que nunca recebeu a atenção devida é, sem sombra de dúvida, Billions. Uma das poucas séries que conseguem manter a inteligência, elegância e poder em meio a quantidade de bobagem que a televisão produz ultimamente.

Com um elenco afiado e uma história deliciosa, o drama chega no seu quarto ano com uma excelente proposta. Desde a temporada anterior já tínhamos visto uma leve transformação do poder judiciário da era Trump. Mas pelo trailer, algo me diz que essa quarta temporada será ainda mais divertida.

Share this post

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.