Spoiler Alert: Confira os spoilers e novidades da semana nas séries de TV

As novidades da summer season na Spoiler Alert

Na magrela coluna Spoiler Alert desta semana, temos novidades de séries que ainda estrearão nessa iniciante Summer Season, como The Terror. Assim como The Handmaid’s Tale que acaba de retornar nos Estados Unidos pela Hulu e promete mostrar uma Washington D.C. extremamente conservadora. Seria uma amostra do futuro? Além disso, também temos novidades sobre o futuro de The Spanish PrincessPoldark, que desafiam o conceito da palavra “fim”.

O que me dizem? Estão prontos? Então leiam e não esqueçam de comentar, criticar e sugerir novidades.

Contos de Terror da Vida Real

Para quem tem lido o Mix de Séries, sabe que a segunda temporada de The Terror, batizada de The Terror: Infamy, vai focar nos campos de internação que ásio-americano após o ataque contra Pearl Harbor. Mas o que nós realmente podemos esperar dos novos episódios? A Entertainment Weekly conversou com o ator e consultor George Takei sobre o tema.

“Depois dos bombardeios de Pearl Harbor, todos os americanos com descendência japonesas foram presos e encarcerados, sem acusações ou devido processo legal, o que é um dos pilares do nossos sistema jurídico,” disse o ator.  “As pessoas que foram presas estavam lidando com um nível incrível de estresse, e até mesmo alguns casamentos terminaram. Assim como outras pessoas literalmente enlouqueceram,” completou o ator.

História Pulsante

Com os primeiros episódios atualmente em exibição, The Spanish Princess terá continuação. O Starz anunciou na última semana que a decisão em encomendar mais episódios tem como objetivo contar mais da história de Catarina de Aragão. “Nós estamos empolgados em contar esse novo capítulo da história de Catarina enquanto ela negocia guerra, política e tenta salvar seu casamento do rei mais perigoso da Inglaterra,” disseram os showrunners Emma Frost e Matthew Graham em nota.

De acordo com o Starz, os novos episódios vão trazer mais foco no casal principal. “O foco será no casal mais glamouroso, cortejado e amado da Europa, enquanto tentam criar uma Inglaterra mais pujante, confiante e que consiga aguentar o risco e a ameaça de interferências externas,” diz a sinopse do canal em nota à imprensa.

Marcha das Mulheres. Ou Quase isso.

Um dos momentos mais aguardados da nova temporada de The Handmaid’s Tale, pelo menos para este que vos escreve, é quando nossas protagonistas chegarão em Washington D.C.. Mas qual a razão pela qual elas vão parar lá? Em conversa com o The Wrap na última semana, o criador, Bruce Miller, não quis revelar muitos detalhes. Contudo, ele deu algumas sugestões do que deveremos ver nos próximos episódios. Ele revelou que “a ambientação se tornar importante porque Gilead tentará recuperar Nicole – e elas não vão deixar isso acontece”.

“E o que teremos a possibilidade de ver é como Gilead representa a si mesma para o mundo e o que pensam deles mesmos. E uma das razões pelas quais nós vamos D.C. é porque temos um ambiente diferente,” disse Miller. “É muito mais conservador daquilo que estamos acostumados e nós estamos vendo como que o futuro pode ser, assim como para June e Aunt Lydia,” completou o produtor. “É um mundo mais conservador e é difícil acreditar que algo pode ser mais conservador do que Gilead,” concluiu.

Deixando a porta aberta

No último domingo (16), a BBC1 exibiu para o Reino Unido o último episódio de Poldark. Mas será que é realmente ‘o último’? Em conversa com o The Guardian na semana passada, a roteirista Debbie Horsfield, que ficou responsável pela complexa tarefa de adaptar as obras para as telinhas, deixou a porta aberta.

“Nunca diga nunca,” ao ser questionada sobre a possibilidade de continuar essa história em algum outro momento. “Nós tivemos uma ótima jornada, mas ainda há cinco livros sobrando. Quem sabe o que pode acontecer em cinco anos?,” indagou. “Algumas vezes é bom deixar as pessoas querendo mais,” sugeriu. Contudo, ela concorda que o último episódio ‘deixou a porta aberta’ para mais aventuras da família Poldark.

Share this post

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.