Stalker – 1×14 – My Hero

Stalker 1

Mesmo com o cancelamento batendo a sua porta, Stalker apresentou um bom episódio. O caso foi bem interessante e triste, até me lembrou um pouco o pilot da série principalmente pela cena inicial.

Um dia que tinha tudo para ser perfeito, mas como eu disse tinha. Na cena inicial do episódio, o perseguidor não me pareceu ter nenhuma relação emocional antiga com um membro do casal, mas me pareceu algo que não tivesse envolvimento pessoal e, sim, um tipo de vingança. Depois da segunda passagem do perseguidor os acontecimentos tomaram proporções maiores. Dave acabou sendo queimado vivo em uma cena agonizante pelo sofrimento de Nicole (Phoebe Tokin, Hayley em The Originals).

Há um tempo acho que as coisas se arrumaram muito rápido para o lado de Jack. Digo isso em relação a ele e Amanda. Mas nesse episódio percebi que o Trent não está satisfeito com isso, o que não muda nada na relação de Jack e Ethan.

Continua após a publicidade

O que mais gostei nesse episódio foi o fator psicológico das passagens que o perseguidor aparecia. Uma vez que a proposta de uma série é mudada ela tem que melhorar e esse não foi o caso de Stalker até então. Eu percebi que o foco das perseguições tinha mudado um pouco, mas no décimo quarto episódio parece que os acontecimentos voltaram ao normal. As cenas foram mais tensas e o episódio foi mais fechado no caso, deixando os dramas pessoais um pouco de lado.

Stalker 2A série precisava dessa atenção nos casos porque é um thriller psicológico policial e não apenas um drama. É uma pena que seja tarde porque temos mais três episódios até que a série pare. O restante dos episódios ainda serão liberados para o público, mas sem data de lançamento. Mas mesmo com os dias contados ela ainda pode ser boa. O que me parecia ser uma vingança na verdade era uma obsessão e isso não foi surpreendente.  Os casos não estão sendo inovadores mas os motivos da obsessão sim. Em My Hero fiquei bem surpreso por ser a amiga, Zoe, a culpada por matar Dave e perseguir Nicole. Gostei muito do desenvolvimento do episódio pois nada foi forçado e os fatos simplesmente aconteceram.

Só para cravar minha opinião sobre a temática que Stalker vem apresentando, eu acredito que se o tema da série é policial então os episódio tem que ter um foco maior no ambiente policial.

OBS: Gente só faltou o beijo da Beth e do Jack no final. Se isso acontecesse eu estaria realizado.

Tags CBSStalker
Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

2 comments

Add yours
  1. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 5 fevereiro, 2015 at 07:30 Responder

    Esse episódio foi espetacular, um dos melhores da série na minha opinião. Phoebe estava numa atuação impecável e eu curti esse crossover CW entre Nikita, The Originals e Jane The Virgin, rs

Post a new comment