Sterling K. Brown teve discurso cortado no Emmy e ator revela parte final de sua fala

Imagem: Cortesia da CBS, via TVLine.

Quando os poderosos do Emmys decidiram que o discurso de aceitação de Sterling K. Brown já havia esgotado seu tempo no domingo, o volume da orquestra subiu até que a estrela de This Is Us fosse retirada do palco.

Mas Brown, que levou para casa o troféu do ator principal em uma série dramática, não se conteve. Nos bastidores, na sala de imprensa, ele conseguiu terminar o discurso que foi interrompido durante a transmissão. Aqui está o que você não ouviu:

Eu queria agradecer aos nossos escritores. Uma série não recebe sete indicações de atuação sem uma escrita impecável, bonita e pensativa. Vocês são o sangue da nossa vida. Então eu quero agradecer muito. Para nossos produtores e nossos diretores, em particular John Requa, Glenn Ficarra e o louco Ken Olin, obrigado pela sua orientação e amizade. E eu quero agradecer a Dan Fogelman. Ele é o martelo hebreu com o qual a nossa casa é construída. Ele me faz rir e chorar em partes iguais, e me mantém voltando para mais. Em sua própria maneira pequena, pequena e especial, ele não está tentando tornar a América boa novamente, ele está tentando fazer o melhor que nunca aconteceu. Eu o amo por me levar nesta jornada. Queria agradecer ao meu gerente de 17 anos, Jennifer Wiley-Stockton. Fazemos isso há muito tempo, e parece que estamos apenas começando. Mal posso esperar para ver o que virá. Para minha esposa – eles me cortaram antes de agradecer minha esposa. Você é tudo. Você faz minha vida valer a pena viver, e você me deu duas das coisas mais bonitas que Deus já colocou neste planeta, meus filhos… Papai, ama você com a força de mil sóis. Vejo vocês na segunda-feira após o trabalho. Amo vocês.

Em resposta a outra pergunta, Brown também falou sobre como a vitória deste ano foi sentida de uma forma diferente de quando ele ganhou como Melhor Ator Coadjuvante por série limitada com American Crime Story: The People v. O.J. Simpson.

Por causa dessa categoria, e porque foram 19 anos [desde que um ator negro, Andre Braugher, ganhou], é muito tempo. Andre Braugher, ele veio e nos falou quando estava na Universidade de Nova Iorque. Quando cheguei à faculdade, havia um cartaz de Gideon’s Crossing acima do teatro público. E então eu veria seu rosto todo o tempo quando eu sai do meu apartamento para ir à faculdade. Então eu estou preocupado!“, disse Brown. “Eu nunca pensei que isso fosse uma possibilidade. E por estar aqui 19 anos depois dele, eu quero representar. Eu não quero ser um flash na multidão… Eu amo tanto o que eu faço. Eu sinto que existem 1.000 pessoas diferentes que moram dentro de mim, e só estou procurando oportunidades para deixá-las sair. É algo grande.”, completou.

Confira a lista completa dos vencedores do Emmy 2017.

Fonte: TVLine

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours