Suits – 7×09 – Shame

Imagem: USA Network

Continua após as recomendações

Depois de um excelente episódio, Suits nos entrega um episódio que veio preparar o terreno para a summer finale. Não sabemos ainda quais são os planos dos roteiristas para que o vai acontecer no próximo capítulo, mas sabemos que Donna e sua escolha de colocar Harvey sempre em primeiro plano será o tema central do próximo episódio. Ainda existem esperanças para que Darvey aconteça, embora, fique nítido que esse amor que Donna nutre pelo seu ex patrão seja praticamente platônico. Eu adorei vê-la conversando com Rachel e mostrando que ainda sente algo por Harvey, mas tenho medo de criar uma expectativa desnecessária. Não aguento mais esse chuva mas não molha dos dois.

Continua após a publicidade

Gostei muito de ver Rachel advogando e o fato do pai dela ter dado uma chance a ela foi muito bacana. A personagem estava muito apagadinha e espero que ela cresça e amadureça bastante nessa temporada. Realmente, Rachel precisa ganhar um plot com urgência porque não aguento mais vê-la como suporte de apoio para o Mike e como a amiga de Donna. O bacana desse episódio foi poder assistir uma Rachel Zane pronta para mostrar o que aprendeu na PSL, mesmo que tenha faltado um pouquinho de tempero para o casinho.

Novamente, os roteiristas colocaram Harvey e Mike trabalhando juntos. Isso é sempre um acerto e espero que a dupla dinâmica continuem elaborando planos para conquistar os tribunais. O único problema é que desde que Harvey aceitou ser o cargo da Jessica, ele ficou bastante apagadinho e querendo mostrar um Harvey que não conhecíamos e não gostamos. Eu gosto de vê-lo advogando e com Mike tendo mil e uma ideias nos casos. A dupla dinâmica é o ponto alto do seriado e fico super triste quando os roteiristas cismam em colocá-los de escanteio.

Quem novamente roubou as cenas foi Louis. A suposta traição com Sheila rendeu ótimos momentos e eu amei ver o quanto Louis adora surtar. Ainda bem que ele tem uma secretária como a Gretchen e eu espero de verdade que Louis encontre sua alma gêmea e tenha muitos filhos. Aquela cena final com ele cuidado do bebê de seu associado foi linda e me deixou com os olhos cheios de lágrimas. Quem diria que Louis Litt um dia me deixaria orgulhosa dele?

Tags Suits
Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours