Supergirl – 2×04 – Survivors

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Em apenas cinco minutos de episódio dessa semana o meu ship alert estava quase explodindo aqui, e foi por pouco que consegui me controlar aqui. Sério gente, com Mon-El explicando sobre seus últimos momentos em Daxam e a aproximação dele com Kara cada vez mais intensificada… já estava aqui imaginando como seriam os filhos da dupla. Ao mesmo tempo já vimos Alex e Maggie mais próximas, aí meus amigos já imaginei as duas junto com o casal de aço em um almoço de família aos domingos.

O lance de J’onn em tentar se aproximar de M’gann já estava bem previsível que não seria nada fácil de acontecer, mas convenhamos que chegou a beirar o chato e tedioso com tudo isso. Entendo que na cabeça dele é ótimo mais alguém de sua espécie ter sobrevivido, mas cadê a coerência de respeitar o espaço do próximo? Só sei que fiquei bem incomodado com isso. O pior de tudo nem foi isso apenas, como também ele descontando seu humor, que já não é tão amigável por natureza, nos outros. Amigo, pare!

Continua após a publicidade

plot central do episódio começou de forma tímida, e a princípio bem promissora. O clube da luta clandestina com extraterrestres tinha tudo para prender a atenção, mas o destaque nesse momento foi a entrada triunfal de Alex e Maggie no evento, belas e de mãos dadas. Gente, sério, cadê a pegação entre elas? As lutas em si foram bem sem graça, principalmente a de Supergirl, que foi derrotada com muita facilidade. Tipo, oi? Aquilo foi sério mesmo? Apenas melhorem! O pouco que salvou disso tudo foi a vilã Roulette, que também não foi lá aquelas coisas, mas melhor que nada.

supergirl-2x04-

Imagem: Banco de Séries

Algo que não esperava totalmente fosse o nascimento de uma amizade entre Winn e Mon-El. Francamente os dois juntos em cena foi uma das melhores coisas desse episódio, e algo me diz que esse bromance entre eles tem tudo para se tornar um dos mais queridos das séries, e estou ansioso por mais momentos entre eles. O que foi a dupla saindo para beber juntos? Simplesmente muito mais interessante e divertido de se ver do que o clube da luta mimimi. E Winn de ressaca no dia seguinte? Melhor pessoa, como sempre.

Enquanto isso, as coisas entre Kara e seu novo chefe parecem que finalmente estão tendo progressos, mesmo que pequenos. Snapper está cada vez menos insuportável, e a química entre ele e nossa protagonista está crescendo aos poucos, assim como a carreira dela de repórter. Foi incrível ver o avanço gradual que ela vem tendo no seu trabalho. Ainda é preciso mais aprimoramentos, mas ao que tudo indica, Kara está encontrando seu ponto de equilíbrio na nova função, assim como uma maneira de lidar com o chefe.

De volta ao plotzzzz central, Supergirl conseguiu, através de um conselho dado por Mon-El de como derrotar seu mais novo oponente, porém achei tudo muito rápido, assim como a forma com que ela já tinha sido derrotada na primeira luta. O embate entre J’onn e M’gann foi outra coisa chata, que francamente quase me fez dormir aqui. Aliás o desfecho disso tudo foi mais rápido que o Flash, e foi aí que até os roteiristas viram que trama central do episódio não funcionou. Mesmo assim, algumas pontas ficaram soltas, que serão otimamente exploradas futuramente. A primeira foi Kara procurando por Lena Luthor para conseguir pista em encontrar Roulette, e a personagem no final de sua rápida aparição toda enigmática em ajudar nossa protagonista. Na sequência foi a vilã sendo solta misteriosamente, o que me fez ter total certeza de que no fim das contas quem decretou sua liberdade foi justamente a irmã de Lex, e essa não será a última vez que veremos a megera na série.

Agora com Mon-El podendo sair do DOE oficialmente, estou ansioso para ver a aproximação ainda mais entre ele e Kara, na qual já rolaram bons avanços até o momento. Que eles se beijem logo, já que Alex e Maggie isso vai demorar, já que a policial está em um relacionamento e a cara da irmã de nossa heroína ao descobrir isso foi a mesma que faço quando caio pela milionésima vez na friendzone. Ah sim, não podíamos terminar essa review sem antes mencionar que o final nos deixou um plot twist surpreendente, com M’gann sendo, na verdade, uma marciana branca. Forninhos vão cair!

PS: Alguém sentiu falta de James por aqui?

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Bvh7ufjO60I[/youtube]

Tags Supergirl
Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours