Supergirl – 2×15 – Exodus

Supergirl 2x15

Imagem: My Fantasy Sports Talk

Digamos que esse foi o episódio mais girl power dessa temporada. Parece que nossas preces foram ouvidas, e o excesso de romantismo está dando um tempo na história. Depois do último final explosivo, em que foi revelado que Jeremiah entregou a lista de registro de todos os alienígenas ao Cadmus, as coisas por aqui deram sequência a isso, sem muita enrolação.

Por mais que as irmãs Danvers tenham dominado tudo do começo ao fim, na minha opinião, Alex foi a que mais se sobressaiu. Diferente de Kara, ela carregou um dilema mais complexo, tendo que lidar com a descoberta do seu pai “traindo” sua confiança. A personagem está totalmente sem chão, transtornada, pois a pessoa que ela mais ama na vida, que durante anos acreditou estar morto, e quando finalmente o reencontrou, viu que não era mais a mesma pessoa. Só que assim, isso não impediu de abrir mão dele.

Kara, por sua vez, foi o lado racional de tudo. Mesmo decepcionada com a traição do pai, seu foco foi justamente tentar deter o Cadmus, que começou a colocar em prática o plano de dar o fim nos alienígenas de National City, sequestrando-os. Seu dilema aqui era outro, expôr a organização, e para isso teria que contar com a ajuda de Snapper. Falando no chefe de nossa heroína, estava demorando por demais o encontro entre ele e Supergirl, e até nisso sinto falta de Cat Grant. Eu achei o entrosamento entre eles algo bem frio, mas vamos convir que nossa heroína teve sua chance de ouro em revelar em off suas fontes, e poderia ter dado uma resposta bem melhor.

Continua após a publicidade

Imagem: Banco de Séries

Quem está de volta é Lena Luthor, e como senti falta dela. Nesse episódio eu nem fiquei encanado com minhas desconfianças a seu respeito, e finalmente percebi a química que ela e nossa protagonista tem juntas. Gente, sério, isso é uma coisa que sempre esteve debaixo do meu nariz, e vivi dando o braço a torcer pela personagem. Que talvez ela possa abraçar um lado obscuro, afinal de contas é uma Luthor, isso é fato, mas por que enquanto isso não torcer pela empresária? Acho que por ora, a birra passou, e até cheguei a certo momento shippar as duas, sério mesmo.

Voltando ao que realmente importa, Alex está tão maluca com tudo que aconteceu que vimos um lado totalmente badass seu, e eu não esperava por isso. O que foi ela descendo a surra no agente do Cadmus, que DOE conseguiu capturar? Sinceramente eu até entendo seu lado, ela está confusa, tudo acontecendo tão rápido e ao mesmo tempo, que não tiro sua razão. Agora uma coisa que achei totalmente desnecessário foi J’onn se passando por Jeremiah, para testar a lealdade da agente. Tudo bem que ela precisava ser mais racional perante à situação, mas ela é humana também, e trata-se do pai dela, simples assim.

Kara continuava enfrentando o dilema de como fazer todos saberem sobre os planos do Cadmus, e sinceramente concordei com uma opinião de Mon-El, pois dessa vez ele não agiu feito um babaca. Ela se arriscou? Claro que sim, mas se não fosse sua publicação no blog que foi criado, as coisas teriam saído fora do controle, e talvez nossa heroína nem teria sobrevivido. O que mais me incomodou foi a postura de Snapper no final das contas, pois por mais que a personagem tivesse errada – em termos -, não acho que foi motivo para ser demitida. Sério mesmo? Espero e muito que o jornalista possa reconsiderar suas condições, e que James seja útil pelo menos uma vez na vida, e o convença do contrário.

Alex foi rainha, tinha tudo para abandonar o pai, e mesmo infringindo diversas regras, seguiu seu coração. Foi um risco alto, mas no fim Jeremiah estava sendo sincero (por enquanto), e se voltou contra Lilian. É claro que a vilã vai cobrar isso, e não vai demorar muito, podendo custar a vida do cientista, e francamente isso será bem previsível. Agora estou preocupado é com as novas ameaças que estão chegando na Terra, que falando da forma popularmente conhecida, Lois Lane e Hercules da TV dos anos 90 estão chegando para tocar o terror, e agitar os próximos episódios de Supergirl. Não sei vocês, mas estou bem ansioso, pois será a partir disso que finalmente saberemos a verdade sobre Mon-El, e com a revelação dele ser o príncipe de Daxam vai mudar muita coisa na história.

PS.1: Sou apenas que está com um mal pressentimento sobre a relação entre Winn e Lyra?
PS.2: Supergirl salvando Lena, após ter sido jogada do prédio da L-Corp, apenas <3
PS.3: Próximo episódio teremos o crossover musical com The Flash, aeeeeee!!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=aXX64ewoAF4[/youtube]

 

Tags Supergirl
Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours