Supergirl – 2×18 – Ace Reporter

supergirl 2x18
supergirl 2x18

Imagem: Youtube/Reprodução

Continua após as recomendações

Supergirl está de volta para sua reta final, depois de um mês. Quando soube que Lena seria o foco do episódio, juro que fiquei empolgado, mas não esperava que viessem com um filler a essa altura do campeonato, faltando pouco para a season finale.

Essa história de Jack, ex-namorado da personagem, ressurgir em National City já era sinal de que algo bom não sairia dali. O problema do desenvolvimento dessa história é que estava tudo muito nítido desde o começo, quer dizer, boa parte, porém senti falta dela ser trabalhada de forma mais coerente. A maneira como Kara foi jogada para investigar o rapaz foi estranha, algo não havia sincronia ali.

Continua após a publicidade

No meio disso tudo, Snapper Carr foi resgatado do churrasco, após ter sido esquecido lá. Desde que nossa heroína havia sido demitida da CatCo, já era previsível que o personagem talvez não tivesse tanta importância na história, talvez aparecendo outra vez apenas no retorno de Cat Grant, mas por um lado ainda bem que isso não aconteceu. O jornalista conseguiu dar um equilíbrio necessário no meio disso tudo, e suas cenas com Kara foram simplesmente brilhantes. Finalmente um ponto positivo no meio disso tudo.

Imagem: Youtube/Reprodução

Outro ponto positivo foi Mon-El, que apesar de não ter virado foco da vez, teve uma dinâmica ótima com a namorada. Ele ajudando sua amada a investigar Jack simplesmente comprova o que já comentei nas reviews anteriores, que o personagem definitivamente melhorou significativamente. Eu ri demais com ele abraçando o ex de Lena, mas sendo muito esperto com isso. Eu pensava que a participação dele por aqui fosse mais além, porém não foi o que aconteceu. Mesmo com pouco tempo em cena, ajudou e muito.

Aí, quando menos esperamos, já caímos novamente a um marasmo sofrido e desnecessário. Sério, me pergunto ainda qual a necessidade de James na história, porque não dá para engolir. Sabe qual é o pior disso tudo? É que estão meio que estragando Winn também. Esse namoro dele já está começando a encher, e a quota de mimimi do seu amigo chegou de uma forma que foi extremamente insuportável de ainda se acompanhar. Sabe o que até parece? Quando alguém que conhecemos e começa a namorar literalmente se transforma em outra pessoa. Estamos de olho…

A solução daquele que seria o plot principal foi tão fraca que só interessou o fato de Lena ter saído heroína. A morte de Jack a deixou bem abalada, isso é fato, e quando Kara foi consolar a amiga, algo me incomodou. Vocês sabem que não confio totalmente nela. O bom disso tudo é que nossa protagonista vai finamente voltar a trabalhar na CatCo, e já estou ansioso pra ver como será o entrosamento dela com Snapper com seu retorno, e futuramente com Cat em cena novamente.

Isso ajudou a reerguer o episódio, mas o melhor acabou ficando para o final. Quando cismo com algo é batata, e quando acho que veríamos Rhea apenas depois, a Vic Grayson da DC ressurge nos momentos finais, rendendo um plot twist intrigante. Talvez essa seja a hora em que devemos ficar finalmente atentos a Lena Luthor e, francamente, não sei o que pensar sobre qual seja a proposta que a vilã quer apresentar a filha de Lillian. Vamos aguardar.

 

Tags Supergirl
Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours